O processo de pós-graduação da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército

O presente artigo tem por objetivo apresentar as principais ideias contidas no livro de minha autoria, cujo título é “O Processo de Criação do Programa de Pós-Graduação em Ciências Militares da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército”, lançado no dia 29 de julho de 2019, na ECEME.

Continuar lendo
  3367 Acessos
  1 comentário
3367 Acessos
1 comentário

Sargento: o elo cada vez mais forte entre o comando e a tropa

Dentre as várias medidas adotadas pelo Exército, ao longo dos anos, para incentivar a importância da valorização humana, a formação dos sargentos sempre recebeu especial atenção por parte dos nossos c...
Continuar lendo
  6496 Acessos
  4 comentários
6496 Acessos
4 comentários

A Estratégia Nacional: planejar é preciso!

Por que planejar?

Planejar o futuro é um impositivo racional, não só para o indivíduo, mas, principalmente, para a coletividade como um todo.

Continuar lendo
  4106 Acessos
  0 comentários
4106 Acessos
0 comentários

O século XXI e a arte da guerra: a defesa da coesão nacional

Este artigo trata da evolução do cenário mundial pós-Guerra Fria e da sua influência na ‘arte da guerra’, evidenciando o potencial da ‘guerra híbrida’ para a erosão da coesão nacional. Parte-se da premissa de que a política é a ferramenta que dirige o poder no Estado, no intuito de atingir os interesses nacionais, tendo a guerra como instrumento de contingência para o uso legítimo da força. Contudo, o uso da força não se restringe à violência física, podendo alcançar a violência econômica, psicológica, diplomática, etc. (Clausewitz, 1976; Bobbio, 1987).

Continuar lendo
  3482 Acessos
  3 comentários
3482 Acessos
3 comentários

Operação Acolhida: uma ação essencial em Roraima

Pouco conhecida da maioria dos brasileiros, a Operação Acolhida é uma ação fundamental para o estado de Roraima, para o Brasil e para dezenas de milhares de pessoas desassistidas que chegam às nossas fronteiras, e que já somam mais de 200 mil nos últimos anos. A mais notória onda migratória que o Brasil recebe advém da Venezuela, dado o contexto político social daquele país. Recordemos que, ao final do século XX, Hugo Chaves chegou ao poder na Venezuela. Falecendo em 2013, deixou o poder para seu indicado ao cargo, Nicolás Maduro, atual presidente. Devido a uma série de questões conjunturais, o país vem passando por dificuldades que têm levado milhões de venezuelanos a deixar o país em busca de novas oportunidades.

Continuar lendo
  1903 Acessos
  0 comentários
1903 Acessos
0 comentários