Exército ameniza calor na área mais quente da Cidade do Rio

Exército ameniza calor na área mais quente da Cidade do Rio

Em cidades com elevado grau de urbanização, é possível ocorrerem as chamadas "ilhas de calor", fenômeno climático que eleva a temperatura média das cidades. Nesse contexto, áreas preservadas do Exército Brasileiro amenizam esse fenômeno nos bairros mais quentes da zona oeste do Rio de Janeiro, como Magalhães Bastos, onde está localizado o Campo de Instrução de Gericinó (CIG), Anchieta, Bento Ribeiro, Deodoro, Marechal Hermes, Realengo e Padre Miguel. Todos são favorecidos pelo alto grau de preservação do CIG, que possui uma área correspondente a mais de 4.500 campos de futebol. O Campo de Gericinó gera um benefício conhecido como "serviço ambiental climático", com impacto positivo e direto na saúde e no bem-estar da população residente nesses locais.

O histórico de preservação do CIG tem origem no Decreto da sua criação, em 1920, que trazia no artigo 6º o seguinte: "É terminantemente proibido o corte de árvores desses bosques ou da Serra de Gericinó, por parte das tropas."

As características da urbanização dessas áreas potencializam as ilhas de calor, devido: ao aumento da capacidade de absorção de calor em superfícies como asfalto, concreto e telha; à falta de áreas revestidas com vegetação; e à concentração de edificações, o que interfere na circulação dos ventos. O CIG constitui-se em uma mancha verde para a zona oeste do Rio, pois as cartas de temperatura para a Cidade demonstram claramente que as áreas circunvizinhas ao CIG apresentam temperaturas bem mais amenas, como pode ser observado na Figura 1.


​Figura 1 – Imagens de satélite que apresentam as ilha de amenização gerada pela área do CIG.


O gráfico comparativo de temperaturas máximas de uma estação meteorológica, do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) (Figura 2), ratifica que as temperaturas médias na zona oeste do Rio apresentam um incremento de quase 2 graus, fato que se justifica pelo aumento da expansão urbana da região Metropolitana. Esse aspecto aumenta a importância do papel histórico do Exército em preservar as áreas a ele jurisdicionadas e do serviço ambiental prestado às áreas circunvizinhas.


Figura 2 - Evolução da temperatura média nos últimos 60 anos na região de Bangu (zona oeste do Rio).


As atividades desenvolvidas no Campo de Instrução de Gericinó, aliadas às restrições impostas pela administração militar, contribuíram para um processo de regeneração e preservação dos ecossistemas locais. O uso dessas áreas para desenvolver atividades, como marcha, patrulha e acampamento, inibe as interferências externas (Figura 3).

Da mesma forma, os exercícios militares necessitam que os ambientes operacionais estejam preservados, pois essa característica possibilita o desenvolvimento de exercícios em ambientes fidedignos, com algumas realidades operacionais. Hoje, assim como na época da criação do CIG, reafirma-se o importante papel do Exército Brasileiro na preservação ambiental das áreas a ele jurisdicionadas.


Figura 3 – Exercícios militares realizados no Campo de Instrução de Gericinó.

Autor: Ten Cel Helder de Barros Guimarães

Co-autor: 1ª Ten Liane de Moura Fernandes Costa

Continuar lendo
  1136 Acessos
  0 comentários
1136 Acessos
0 comentários