O Desafio da Segurança Pública

Muito  se tem publicado sobre o tema, em geral, notícias que alarmam,  intranquilizam  e fazem com que os cidadãos de bem se sintam acuados, desamparados e à mercê dos, cada vez mais, ousados criminosos que infestam nossas cidades, rodovias, áreas de lazer e outrora pacatos povoados no interior. Tem sido frequente a divulgação de medidas adotadas pelo Estado, a meu ver, limitadas e restritas à compra de viaturas, de equipamentos e armamento para os órgãos relacionados no Art. 144 do texto constitucional. Parecem-me medidas com sabor de demagogia ao molho de populismo e que passam ao largo do cerne do sério problema enfrentado por todos os brasileiros, nas cidades e nos campos.

Por justiça, devo registrar a inovadora estratégia adotada pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro: ocupar, permanentemente, regiões de homizio de bandidos ligados ao crime organizado com unidades de Polícia Militar, apropriadamente batizadas de Polícia Pacificadora.

Contudo, pretendo demonstrar que a visão dos governantes e legisladores tem se limitado ao vetor policial de tão angustiante desafio. Estou convicto tratar-se este, apenas, de um dos múltiplos segmentos que precisam ser alvo imediato de atenção das autoridades eleitas para dar solução ao desafio da Segurança Pública que, por sua dimensão, assumiu status de legitimo objetivo nacional atual (ONA) de elevada prioridade.

Ao equacionar o problema e tentar dar-lhe solução, proponho abordagem ampla, profunda e simultânea, a começar pela educação em seu sentido mais amplo e indispensável. Educar sob os pontos de vista cognitivo, psicomotor e, notadamente, afetivo. Neste campo, desenvolver com os alunos, em todos os níveis da educação formal, valores indispensáveis aos cidadãos para a vida em sociedade. Educá-los para internalizar e valorizar a honestidade, o respeito, a solidariedade, a saúde e o repúdio às drogas, o civismo, o trabalho, a dedicação, o esforço pessoal, a prática da verdade, a família, a meritocracia e tantos outros valores que transformariam sucessivas gerações em construtoras do Brasil que almejamos.

É óbvio que, para tal, a educação receberia fortes investimentos em infraestrutura e preparo de docentes, habilitando-os cognitiva e afetivamente para serem exemplares educadores. Os currículos, em todas as disciplinas, contemplariam a abordagem dos aspectos afetivos da educação integral que aqui se propõe. Preparados para a vida em sociedade, cidadãos honestos não admitiriam ser corruptores ou corrompidos. Cidadãos assim educados repudiariam as drogas, e o tráfico ficaria sem seu sustentáculo, os consumidores. Haveria comércio sem demanda? Cidadãos conscientes de sua responsabilidade para com a Segurança Pública obedeceriam às leis de trânsito, preservariam o patrimônio público e privado, fiscalizariam e denunciariam criminosos de toda ordem. Sem pessoas integralmente educadas, não haverá solução.

À educação somam-se a geração e a oferta de trabalho como parte da solução do problema de Segurança Pública. As pessoas já educadas estariam preparadas para se dedicar de corpo e alma à construção nacional pelo suor de seu labor. Trabalhariam e galgariam por mérito, degrau a degrau, a escala funcional ou hierárquica do segmento profissional ao qual se dedicassem. Tais cidadãos valorizariam o respectivo salário e pagariam impostos e taxas por entenderem sua necessidade para o funcionamento pleno do Estado. Trabalhando, sentir-se-iam ofendidos e repudiariam esmolas governamentais de qualquer tipo ou origem. Brasileiros assim almejariam progredir, vencer na vida por seu próprio mérito e praticariam os valores que internalizaram.

Educar e oferecer trabalho ainda seriam pouco. A solução para o problema de Segurança Pública implica, também, investimentos substanciais em moradia. Um amplo programa residencial e indispensável para evitar a fixação definitiva de milhões de pessoas em favelas e palafitas, verdadeiras áreas de homizio do crime dito organizado. As pessoas educadas e com trabalho formal ansiariam por morar em bairros urbanizados, visualmente atraentes, com comercio local legalizado, servido de eficazes meios de transporte, limpos, bem iluminados e policiados. As residências e esses bairros seriam tais que qualquer governante nelas poderia morar com sua própria família e não algo de quinta ou décima categoria. Em decorrência, as áreas antes florestadas receberiam sua vegetação nativa de volta. Fenômeno idêntico ocorreria com as margens de rios, canais e praias, que estariam livres da agressão decorrente da ocupação irregular, insalubre e sem higiene. E o que dizer da poluição diária de baias, cursos de água e mares? A solução do desafio da Segurança Pública produziria reflexos, como se vê, na preparação do meio ambiente.

Entretanto, a solução não está completa. A ação dos Órgãos de Segurança Pública levaria aos cárceres todos os foras da lei que infestam nosso País, se condenados. É, pois, imprescindível, investir recursos públicos na construção de presídios para receberem a marginalidade condenada pela Justiça. Além de penitenciárias inexpugnáveis em número suficiente para a empreitada, o sistema prisional seria operado por agentes meticulosamente selecionados, preparados e instruídos para tal. Entende-se que seriam oriundos daquela sociedade educada, honesta, dedicada e, portanto, incorruptível, consciente do valor da contribuição que prestam à sociedade. Não mais se investiria em paliativos para as prisões atuais, mas em instalações modelares que fariam inveja a outros países. Os brasileiros que as operassem, em todos os níveis, da direção à carceragem, seriam instrutores de estrangeiros que aqui viriam aprender com os nacionais.

Educação + trabalho + moradia + extinção de áreas de homizio + reforma do sistema penitenciário = Segurança Pública que o País almeja e merece? Quase isto; está quase definida a equação que resolve o problema. Faltam outras parcelas imprescindíveis como todas as demais. Trata-se, agora, da reforma do Código de Processo Penal, além da do Código Penal, nesta prioridade. O primeiro tem facilitado aos criminosos recursos quase intermináveis e benefícios que facilitam sua saída antecipada dos cárceres sem o cumprimento das penas recebidas. Os noticiários estão repletos de fatos desta natureza. Imagine o leitor a perplexidade dos integrantes dos Órgãos de Segurança Pública ao verem em liberdade aqueles que ontem haviam sido presos e condenados. Este ângulo do problema, se não abordado simultaneamente com os demais, permite concluir pela quase certeza da impunidade: "Afinal, se serei posto em liberdade em breve... por que não cometer o crime?"

E o Código Penal? Proponho outra reflexão ao leitor: um policial encontra diariamente contraventores anotando apostas do jogo do bicho. O que fazer? Vista grossa? É honesto, regular, legal ou a lei não é para valer? E o que fazer com os consumidores de drogas, sem os quais a cadeia criminosa estaria rompida? Todos os elos deste ciclo "produtivo" têm que sentir a ação enérgica dos agentes do Estado. Atuar sobre plantio, refino, transporte, estocagem, distribuição, comercialização e consumo não é importante?

Em "O Monge e o Executivo" encontra-se sábio ensinamento. Lê-se que durante a vida, todos os homens devem fazer, sem exceção, duas coisas, a saber: morrer e escolher. Nesta abordagem sobre Segurança Pública cabe breve reflexão sobre escolhas. Aquelas pessoas a que me referi, educadas, honestas, trabalhadoras, exemplos e multiplicadoras de valores escolherão seus governantes e legisladores.

Discernir para selecioná-los entre os efetivamente comprometidos em enfrentar o desafio da Segurança Pública é essencial para a efetiva solução deste angustiante e diário problema com o qual todos se defrontam. Eleger bem, eis outra ação inalienável da solução do problema. Em consequência de escolha bem pensada, ter-se-á, também, legisladores aos quais manifestaremos admiração e sincero respeito. Veja leitor, como a sociedade educada desprezará e banirá os demagogos, populistas, mentirosos, corruptos e desonestos, preguiçosos, enganadores da palavra fácil e outros da igual estirpe. Que vitória!

Este variado naipe inclui os que enganam o povo ao acenar com o emprego das Forças Armadas em atividade de Segurança Pública. São os mesmos que enganam muitos com a frase demagógica "o Haiti é aqui". Para gente desta laia, aquelas pessoas educadas para a vida bradarão: profissionais não se improvisam! Isto sem falar que seria exercício ilegal de outra profissão. Enfatizo, pois, que as Forças Armadas não são parte da solução deste problema. Suas intervenções limitadas no tempo e no espaço, em ocasiões excepcionais, são operações militares de garantia da lei e da ordem, jamais ações de segurança pública.

Aproxima-se, agora sim, a solução completa. Apoiar, valorizar, dignificar, manifestar orgulho, aplaudir e investir permanentemente nas instituições relacionadas no Art. 144 da Constituição Federal completa a solução que proponho. Lembro que algumas delas, as polícias militares em especial, têm séculos de serviços prestados ao País, na paz, na guerra e em prol da ordem pública. Recordo que os integrantes de todas as instituições encarregadas da Segurança Pública arriscam suas vidas, diariamente, para minorar o quadro deprimente e vergonhoso que se instalou em nosso País. Quantos deles já foram sepultados por nos defender? E quantos perecerão ainda mais?

Em síntese, Segurança Pública é direito e, não esquecer, responsabilidade de todos. Há solução para este desafio, mas se trata de solução complexa, ampla, profunda e demorada. Mas, a demora será tanto maior quanto mais se retardar a abordagem do problema, simultaneamente, em todas as suas dimensões.

Sem mais paliativos! Não mais reduzir a solução apenas ao vetor policial. Não mais atribuir aos agentes policiais a responsabilidade pela omissão de tantos, pela corrupção de muitos e pela falta de coragem moral de vários. O desafio da Segurança Pública tem solução!


*Artigo publicado na Revista do Clube Militar - Edição 439, Jan 2011.

..

A Força Terrestre e o conceito de Segurança Integr...
A música militar e sua harmoniosa missão
 

Comentários 356

Visitantes - ALEX Carlo oliveira Duarte em Quarta, 09 Agosto 2017 20:31

Não é necessário falar muito, estamos sendo governados por bandidos.
E precisamos que o senhores cumpram o ARTIGO 142 da CONSTITUIÇÃO FEDERAL...
A tão sonhada INTERVENÇÃO MILITAR CONSTITUCIONAL. O que mais precisa ocorre sendo que os vagabundos estam aniquilando o povo brasileiro.

Não é necessário falar muito, estamos sendo governados por bandidos. E precisamos que o senhores cumpram o ARTIGO 142 da CONSTITUIÇÃO FEDERAL... A tão sonhada INTERVENÇÃO MILITAR CONSTITUCIONAL. O que mais precisa ocorre sendo que os vagabundos estam aniquilando o povo brasileiro.
Visitantes - Guilherme Lamarque em Quarta, 09 Agosto 2017 20:23

Não vejo outra alternativa senão a intervenção militar/civil em Brasília. O problema da segurança pública é de origem constitucional e legislativa que por sua vez é originada através da corrupção moral dos próprios brasileiros, precisamos de direitistas de verdade para restaurar a ordem nacional seja via democrática ou até mesmo pela centralização do poder político nas mãos dos militares pois não há mais aquele apoio popular que existia em 64(vide revolução cultural). Finalizo lembrando que a democracia não é insubordinada pelos princípios básicos de raciocínio(Argumentum Ad Populum), se for necessário, centralizem o poder político mas não permitam que perdamos nossos direitos fundamentais por completo para o governo.

Não vejo outra alternativa senão a intervenção militar/civil em Brasília. O problema da segurança pública é de origem constitucional e legislativa que por sua vez é originada através da corrupção moral dos próprios brasileiros, precisamos de direitistas de verdade para restaurar a ordem nacional seja via democrática ou até mesmo pela centralização do poder político nas mãos dos militares pois não há mais aquele apoio popular que existia em 64(vide revolução cultural). Finalizo lembrando que a democracia não é insubordinada pelos princípios básicos de raciocínio(Argumentum Ad Populum), se for necessário, centralizem o poder político mas não permitam que perdamos nossos direitos fundamentais por completo para o governo.
Visitantes - Sátiro Maia em Quarta, 09 Agosto 2017 19:53

Façam a intervenção. Usem os meios de comunicação de rádio e TV por dias e dias para conscientizar o povo de que esta foi a última Ratio, a única forma de salvar o país da destruição política total; CONVOQUEM todo o povo para uma nova Constituição, um novo Código Penal, ampla reforma política. A cada assunto polêmico, submeta ao conhecimento do povo, em linguagem clara, os prós e os contras e deixem o povo decidir em voto impresso ou na velha cédula de papel, com o Exército e Policia Federal fiscalizando fortemente para coibir qualquer tentativa de fraude nos resultados por parte da esquerda; Convoquem todo o povo para participar diretamente, a fim de que as forças armadas tenham cada ação sua legitimada pela co-participação do povo brasileiro, onde a maiotia ganhará pelo voto, e decidirá os assuntos importantes, e os destinos do nosso país. Isso vai demorar de 1 a 2 anos de discussões, e a elaboração de uma nova Constituição e Código Penal, com a proibição das ideologias comunista, fascista e nazista no país; ESCUTEM O POVO ! É o POVO que legitima a estrutura e a existência do Estado e do próprio Exército. Desregulamentem várias atividades econômicas para um maior desenvolvimento do país, CORTEM ESSE PAÍS DE FERROVIAS DE NORTE A SUL. Acabem com ONGs na Amazônia;
Invistam em pesquisa e desenvolvimento, proibam a doutrinação marxista em sala de aula, modernizem as forças armadas, dotando o Exército com um modernos MTB, a Marinha com duas modernas esquadras; Invistam massivamente na artilharia AAé, usem a exploração do pré-sal para turbinar a Educação, Segurança e Saúde.
O povo participando trará dois benefícios:
1) a legitimação internacional para a intervenção, constitucional ou não;
2) com a participação direta e massiva do povo, a esquerda perderá a narrativa de que a intervenção sfoi interesse de elites, deslegitimando seu discurso nso livros de História do furuto.

Façam a intervenção. Usem os meios de comunicação de rádio e TV por dias e dias para conscientizar o povo de que esta foi a última Ratio, a única forma de salvar o país da destruição política total; CONVOQUEM todo o povo para uma nova Constituição, um novo Código Penal, ampla reforma política. A cada assunto polêmico, submeta ao conhecimento do povo, em linguagem clara, os prós e os contras e deixem o povo decidir em voto impresso ou na velha cédula de papel, com o Exército e Policia Federal fiscalizando fortemente para coibir qualquer tentativa de fraude nos resultados por parte da esquerda; Convoquem todo o povo para participar diretamente, a fim de que as forças armadas tenham cada ação sua legitimada pela co-participação do povo brasileiro, onde a maiotia ganhará pelo voto, e decidirá os assuntos importantes, e os destinos do nosso país. Isso vai demorar de 1 a 2 anos de discussões, e a elaboração de uma nova Constituição e Código Penal, com a proibição das ideologias comunista, fascista e nazista no país; ESCUTEM O POVO ! É o POVO que legitima a estrutura e a existência do Estado e do próprio Exército. Desregulamentem várias atividades econômicas para um maior desenvolvimento do país, CORTEM ESSE PAÍS DE FERROVIAS DE NORTE A SUL. Acabem com ONGs na Amazônia; Invistam em pesquisa e desenvolvimento, proibam a doutrinação marxista em sala de aula, modernizem as forças armadas, dotando o Exército com um modernos MTB, a Marinha com duas modernas esquadras; Invistam massivamente na artilharia AAé, usem a exploração do pré-sal para turbinar a Educação, Segurança e Saúde. O povo participando trará dois benefícios: 1) a legitimação internacional para a intervenção, constitucional ou não; 2) com a participação direta e massiva do povo, a esquerda perderá a narrativa de que a intervenção sfoi interesse de elites, deslegitimando seu discurso nso livros de História do furuto.
Visitantes - Adilio em Quarta, 09 Agosto 2017 19:30

Intervenção militar contra os comunistas. Deus abençoe o Brasil.

Intervenção militar contra os comunistas. Deus abençoe o Brasil.
Visitantes - Adilio em Quarta, 09 Agosto 2017 19:28

Intervenção militar contra os comunistas. Deus abençoes o Brasil.

Intervenção militar contra os comunistas. Deus abençoes o Brasil.
Visitantes - MARTA XAVIER em Quarta, 09 Agosto 2017 19:22

Se as FFAA estão esperando a população ir às ruas pedir Intervenção, esqueçam. Foram mais de 30 anos contando mentiras na mídia e os comunistas doutrinando adolescentes. Meus filhos mesmo contam que ouviram o diabo e vinham perguntar pra mim. Eu lhes dizia que era a versão de comunistas q se sentiam perseguidos porque faziam atos criminosos, mas que eu trabalhava e estudava à noite e nunca tive problemas com polícia nenhuma. Pelo contrário, tínhamos segurança, havia trabalho pra quem quisesse, e só os vagabundos politiqueiros eram reprimidos. Foram os melhores anos no país. As FFAA deveriam intervir, tirar do poder os políticos ficha suja, contratar técnicos competentes para cargos comissionados, fazer novos concursos, mudar a face desse país de gente prostituta que usam a coisa pública pra enriquecer. Diante do caos que estamos vivendo, em 6 meses, o povo iria ver a diferença e aplaudir.

Se as FFAA estão esperando a população ir às ruas pedir Intervenção, esqueçam. Foram mais de 30 anos contando mentiras na mídia e os comunistas doutrinando adolescentes. Meus filhos mesmo contam que ouviram o diabo e vinham perguntar pra mim. Eu lhes dizia que era a versão de comunistas q se sentiam perseguidos porque faziam atos criminosos, mas que eu trabalhava e estudava à noite e nunca tive problemas com polícia nenhuma. Pelo contrário, tínhamos segurança, havia trabalho pra quem quisesse, e só os vagabundos politiqueiros eram reprimidos. Foram os melhores anos no país. As FFAA deveriam intervir, tirar do poder os políticos ficha suja, contratar técnicos competentes para cargos comissionados, fazer novos concursos, mudar a face desse país de gente prostituta que usam a coisa pública pra enriquecer. Diante do caos que estamos vivendo, em 6 meses, o povo iria ver a diferença e aplaudir.
Visitantes - Josceli prestes de lima em Quarta, 09 Agosto 2017 19:18

Intervenção ja não posso ver mais o brasil cada vez mais no fundo do poço.#exercitonossalve

Intervenção ja não posso ver mais o brasil cada vez mais no fundo do poço.#exercitonossalve
Visitantes - Silvania em Quarta, 09 Agosto 2017 19:13

Parabéns FFAA, desejamos que vcs voltem a governar nosso país, agradecemos tudo q fizeram e aguardamos que agora será ainda muito melhor... O POVO CONFIA EM VOCÊS.

Parabéns FFAA, desejamos que vcs voltem a governar nosso país, agradecemos tudo q fizeram e aguardamos que agora será ainda muito melhor... O POVO CONFIA EM VOCÊS.
Visitantes - Jose Dhiôgo em Quarta, 09 Agosto 2017 18:35

Eu apoio a intervenção militar :)
Acho melhor só assim o nosso Brasil voltará a cresce !

Eu apoio a intervenção militar :) Acho melhor só assim o nosso Brasil voltará a cresce !
Visitantes - Dercidio Nava em Quarta, 09 Agosto 2017 18:27

Estamos num caminho sem volta, O país vive uma das piores crises moral, ética e econômica e tem como centro de toda crise os três poderes constituídos da república. A corrupção está acabando com a economia do país, com o envolvimento do legislativo e do executivo, mas também com a conivência do judiciário que em muitos casos, protege os criminosos de colarinho branco. Hoje, em função da corrupção, a saúde é pessima, não temos segurança e a educação só tem programas de ensino comunista, LGBT e direito dos manos. Somente a intervenção civico-militar poderá nos devolver a dignidade e a esperança de que a corrupção será estancada e sobre dinheiro para o desenvolvimento em todos os setores. Tive minha infância durante o governo militar, por isso apóio e aprovo a intervenção.

Estamos num caminho sem volta, O país vive uma das piores crises moral, ética e econômica e tem como centro de toda crise os três poderes constituídos da república. A corrupção está acabando com a economia do país, com o envolvimento do legislativo e do executivo, mas também com a conivência do judiciário que em muitos casos, protege os criminosos de colarinho branco. Hoje, em função da corrupção, a saúde é pessima, não temos segurança e a educação só tem programas de ensino comunista, LGBT e direito dos manos. Somente a intervenção civico-militar poderá nos devolver a dignidade e a esperança de que a corrupção será estancada e sobre dinheiro para o desenvolvimento em todos os setores. Tive minha infância durante o governo militar, por isso apóio e aprovo a intervenção.
Visitantes - CATIA SANTOS em Quarta, 09 Agosto 2017 18:18

INTERVENÇAO MILITAR JA

INTERVENÇAO MILITAR JA
Visitantes - elisama medeiros em Quarta, 09 Agosto 2017 17:59

Quero com todo respeito como cidadã brasileira trazer apoio, a nossa FFAA, e dizer aos nossos GALs. que ansiamos pela volta das FFAA no comando do nosso País!. Lembro-me de momentos onde a ordem havia no nosso País!
Hoje vemos a tragédia que se encontra nosso BRASIL.
Voltem, façam tramular bem alto a bandeira da esperança!

Quero com todo respeito como cidadã brasileira trazer apoio, a nossa FFAA, e dizer aos nossos GALs. que ansiamos pela volta das FFAA no comando do nosso País!. Lembro-me de momentos onde a ordem havia no nosso País! Hoje vemos a tragédia que se encontra nosso BRASIL. Voltem, façam tramular bem alto a bandeira da esperança!
Visitantes - MARCOS DA SILVA em Quarta, 09 Agosto 2017 17:57

INTERVENÇAO MILITAR JAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
:

INTERVENÇAO MILITAR JAAAAAAAAAAAAAAAAAAA :
Visitantes - Robson Elias em Quarta, 09 Agosto 2017 17:43

BOA TARDE HONRADO EB

FOI INSTALADO UM FABRICA DE ARMAS BELICAS AQUI EM GOIAS E SEU DONO É UM MULÇUMANO.
A LEI DE IMIGRAÇÃO FOI SANCIONADA
PEDIMOS SOCORRO !!!
INTERVENÇÃO MILITAR URGENTE !!!

BOA TARDE HONRADO EB FOI INSTALADO UM FABRICA DE ARMAS BELICAS AQUI EM GOIAS E SEU DONO É UM MULÇUMANO. A LEI DE IMIGRAÇÃO FOI SANCIONADA PEDIMOS SOCORRO !!! INTERVENÇÃO MILITAR URGENTE !!!
Visitantes - JORGE TERRA NACER em Quarta, 09 Agosto 2017 17:41

TENHO MUITO MEDO QUE O BRASIL FIQUE IGUAL A VENEZUELA, PREFIRO MORRER A MORAR NUM PAÍS COMUNISTA !!!!
PEÇO QUE O EXERCITO SEJA MAIS FLEXÍVEL COM O NOVO R-105 E LIBERE A COMPRA DE ARMAS E MUNIÇÕES, POIS OS COMUNISTAS QUEREM PROIBIR COM OBJETIVO DE NÓS ESCRAVIZAR !!! SR GENERAL LEMBRE SE QUE NÃO TEMOS SEGURANÇA PUBLICA A POLICIA NÃO DEFENDE NEM ELA MESMA !!!

TENHO MUITO MEDO QUE O BRASIL FIQUE IGUAL A VENEZUELA, PREFIRO MORRER A MORAR NUM PAÍS COMUNISTA !!!! PEÇO QUE O EXERCITO SEJA MAIS FLEXÍVEL COM O NOVO R-105 E LIBERE A COMPRA DE ARMAS E MUNIÇÕES, POIS OS COMUNISTAS QUEREM PROIBIR COM OBJETIVO DE NÓS ESCRAVIZAR !!! SR GENERAL LEMBRE SE QUE NÃO TEMOS SEGURANÇA PUBLICA A POLICIA NÃO DEFENDE NEM ELA MESMA !!!
Visitantes - Renato em Quarta, 09 Agosto 2017 17:37

Queremos INTERVENÇÃO MILITAR e posse de arma para o cidadão de bem! Sabemos que as Forças Armadas tem o poder de minimizar consideravelmente as mazelas que estão afundando nosso país e também de conceder o direito de auto-defesa ao cidadão de bem, interrompendo esse genocídio diário que ocorre por todo o país. OUÇAM O POVO E FAÇAM A PARTE DE VOCÊS, NÃO SEJAM OMISSOS!

Queremos INTERVENÇÃO MILITAR e posse de arma para o cidadão de bem! Sabemos que as Forças Armadas tem o poder de minimizar consideravelmente as mazelas que estão afundando nosso país e também de conceder o direito de auto-defesa ao cidadão de bem, interrompendo esse genocídio diário que ocorre por todo o país. OUÇAM O POVO E FAÇAM A PARTE DE VOCÊS, NÃO SEJAM OMISSOS!
Visitantes - MARCELO ROBERTO PIGNATARI em Quarta, 09 Agosto 2017 17:22

NOSSA ÚNICA EU DISSE " ÚNICA" ESPERANÇA SÃO NOSSAS VALOROSAS FFAA SEM UMA INTERVENÇÃO CONSTITUCIONAL ESSES LADRÕES QUE ESTÃO NO PODER DESDE NOSSO QUERIDO GENERAL FIGUEIREDO JAMAIS EU DISSE "JAMAIS" DEIXARÃO DE ROUBAR A NAÇÃO BRASILEIRA !!!! SALVEM O BRASIL NOSSO POVO E EU SÓ TEMOS AS FFAA PARA NOS SALVAR !!!

NOSSA ÚNICA EU DISSE " ÚNICA" ESPERANÇA SÃO NOSSAS VALOROSAS FFAA SEM UMA INTERVENÇÃO CONSTITUCIONAL ESSES LADRÕES QUE ESTÃO NO PODER DESDE NOSSO QUERIDO GENERAL FIGUEIREDO JAMAIS EU DISSE "JAMAIS" DEIXARÃO DE ROUBAR A NAÇÃO BRASILEIRA !!!! SALVEM O BRASIL NOSSO POVO E EU SÓ TEMOS AS FFAA PARA NOS SALVAR !!!
Visitantes - Eraldo José L. Santos em Quarta, 09 Agosto 2017 17:17

Exmo. General.Deveria haver uma Intervenção Militar até a próxima eleição.Vamos eleger o Capitão Bolsonaro em 1º turno,porém não confiamos nas urnas eletronicas pois são facilmente fraudadas,reelegendo na base de propinas, corruptos claramente insuportáveis.Ao conferir onde eu voto,em 1998,simplesmente meu voto para o Dr. Enéas sumiu.Acredito que outras pessoas tb votaram no PRONA.Fui reclamar no TRE de Campinas e simplesmente "não sabem" o que aconteceu.Iriam averiguar e até hoje nada de resposta.Se as novas urnas tem como recontar e comprovar os votos,são apenas 10%, e o estrago é enorme.Ou as urnas passam pela pericia do Exército,ou melhor votar nas cédulas.É assim que politicos bandidos se reelegem para ter foro privilegiado e continuarem impunes.Obrigado.

Exmo. General.Deveria haver uma Intervenção Militar até a próxima eleição.Vamos eleger o Capitão Bolsonaro em 1º turno,porém não confiamos nas urnas eletronicas pois são facilmente fraudadas,reelegendo na base de propinas, corruptos claramente insuportáveis.Ao conferir onde eu voto,em 1998,simplesmente meu voto para o Dr. Enéas sumiu.Acredito que outras pessoas tb votaram no PRONA.Fui reclamar no TRE de Campinas e simplesmente "não sabem" o que aconteceu.Iriam averiguar e até hoje nada de resposta.Se as novas urnas tem como recontar e comprovar os votos,são apenas 10%, e o estrago é enorme.Ou as urnas passam pela pericia do Exército,ou melhor votar nas cédulas.É assim que politicos bandidos se reelegem para ter foro privilegiado e continuarem impunes.Obrigado.
Visitantes - André luiz ferreira da silva em Quarta, 09 Agosto 2017 16:53

Por favor nos ajude,naõ estamos aguentando mais esse mar de lamas no nosso lindo Brasil

Por favor nos ajude,naõ estamos aguentando mais esse mar de lamas no nosso lindo Brasil
Visitantes - Rosa Maria Corrêa em Quarta, 09 Agosto 2017 16:49

FAZ-SE URGENTE UMA ATITUDE DAS FORÇAS ARMADAS BRASILEIRAS PARA COLOCAR O BRASIL NOS TRILHOS DE NOVO,NÃO PODEMOS PERMITIR QUE OS MAL INTENCIONADOS COMUNISTAS VENÇAM E TRANSFORMEM O NOSSO BRASIL EM UMA VENEZUELA!!!

FAZ-SE URGENTE UMA ATITUDE DAS FORÇAS ARMADAS BRASILEIRAS PARA COLOCAR O BRASIL NOS TRILHOS DE NOVO,NÃO PODEMOS PERMITIR QUE OS MAL INTENCIONADOS COMUNISTAS VENÇAM E TRANSFORMEM O NOSSO BRASIL EM UMA VENEZUELA!!!
Visitantes
Segunda, 21 Agosto 2017

Imagem do Captcha