Vende-se a Usina de Itaipu por R$ 1,99

Vende-se:

- Usina Hidrelétrica de Itaipu (a parte brasileira – 50% do empreendimento).

Descrição:

- “A Itaipu Binacional é líder mundial em produção de energia limpa e renovável, tendo produzido mais de 2,7 bilhões de MWh desde o início de sua operação, em 1984. Com 20 unidades geradoras e 14.000 MW de potência instalada, fornece cerca de 10,8% da energia consumida no Brasil e 88,5% no Paraguai” (https://www.itaipu.gov.br/energia/geracao).

 

Antecedentes:

- A usina foi construída pela engenharia brasileira durante as décadas de 70 e 80 do século passado, tornando-se um dos maiores legados do regime militar. A sua construção consumiu 12,7 milhões de m³ de concreto, o suficiente para construir 210 estádios de futebol como o estádio do Maracanã no Rio de Janeiro.

 

Motivo da venda:

- O proprietário está mudando a razão de ser do seu negócio. Assim sendo, pretende se desfazer da usina hidrelétrica e concentrar-se na geração de energia eólica.

 

Proprietários:

- A hidrelétrica é uma entidade binacional pertencente à República Federativa do Brasil e à República do Paraguai.

 

Capacidade de geração de energia:

- Em 2017, produziu 96.387.357 Megawatts-hora. Em 2016, a produção chegou a 103.098.366 MWh (103 milhões de MWh), um novo recorde mundial de produção anual.

 

Valor de venda:

- R$ 1,99. Com mais R$1,00, o interessado pode levar a parte paraguaia.

Obs: Em razão da existência de inúmeros interessados, o pretendente deve dar uma caução de R$ 10.000,00 para garantir a compra.

 

Agora vamos aos fatos. É lógico que a Usina Hidrelétrica de Itaipu não está à venda. O motivo e o valor de venda são puras mentiras. A usina até poderia ser colocada à venda, mas não dessa forma. A proposta acima é totalmente esdrúxula.

O mais interessante é que, mesmo sabendo que o enunciado contém algumas informações falsas e absurdas, houve o despertar, o interesse e a curiosidade para se obter detalhes de como seria a venda da usina.

Na realidade, pensou-se: Quem sabe? Pode ser verdade, por que não?

É a tal da natureza humana. Mesmo sabendo que poderia ser um golpe, demonstrou-se interesse. Pensou-se: “Por um R$ 1,00, eu posso comprar”.

No caso de um golpe, a possível vítima, depois de começar a ler argumentos bem elaborados, com fonte de consulta autêntica e embasamentos reais, com certeza daria a caução para garantir a compra. A caução seria o “ganho” do golpista. É assim que os golpes funcionam.

Pode-se listar dezenas deles, sendo os mais conhecidos: da passagem aérea, do bilhete premiado, do falso funcionário de banco, da clonagem de cartão de crédito, do falso sequestro, da cópia de documento pessoal, do pecúlio ou da ação judicial, do parente em dificuldade, do familiar internado em hospital, da falsa promoção em programa de TV ou em empresa de telefonia, do defeito na linha telefônica, do empréstimo consignado, da renovação de empréstimo, das pendências junto aos órgãos de proteção ao crédito, da facilitação de ingresso em escolas de difícil acesso, dos sites fraudulentos etc. Quem nunca ouviu falar no “golpe da pirâmide”? Nessa modalidade, há a necessidade de que várias pessoas participem, sendo as vítimas, posicionadas na base da pirâmide, as que sustentam os golpistas do topo.

O que motiva as pessoas a cair, muitas vezes, em golpes tão absurdos? Ingenuidade, inexperiência, pureza e falta de malícia? As razões são inúmeras. Talvez uma delas possa estar na ganância humana, que é um dos pecados capitais. Como se sabe, os pecados capitais são sete: gula, avareza, luxúria, ira, inveja, preguiça e orgulho. A ganância pode ser definida como o forte desejo de se ter algo, ou seja, a vontade exagerada de possuir ou obter, por meios lícitos ou ilícitos, algum bem, dinheiro, poder, cargo etc. A ganância cega as pessoas.

E como evitar os golpes? Na internet é possível encontrar cartilhas e guias contendo orientações sobre prevenção contra golpes. Alguns procedimentos também podem ser adotados para evitá-los: não acreditar em facilidades e ofertas generosas; fazer compras em lojas conhecidas; desconfiar sempre; manter sigilo das senhas pessoais; não aceitar ajuda de estranhos; cadastrar o telefone pessoal com o banco para receber mensagens instantâneas sobre suas movimentações; orientar os familiares para não passarem dados pessoais; não fornecer ou confirmar dados a estranhos; não tratar de assuntos financeiros por telefone; não depositar dinheiro em conta de desconhecidos; lembrar que não há ganhador de prêmios se não estiver cadastrado ou participando de uma promoção ou concurso; não permitir que outros preencham cadastros em seu nome; confirmar informações recebidas pelo correio com o remetente da informação; não abrir e-mails ou links de origem desconhecida; ter cuidado com URL (link de site) redirecionada; desconfiar de preços abaixo do valor de mercado; antes de comprar pela internet, realizar pesquisas em outros sites e pesquisar sobre o site; enfim, muitas são as medidas para se proteger das armadilhas.

Não esquecer da mitológica caixa de Pandora. Agir como Prometeu e não como Epimeteu. Ser antecipativo e se prevenir sai muito mais barato do que remediar. (http://eblog.eb.mil.br/index.php/menu-easyblog/caixa-de-pandora-nao).

Para finalizar, informo que a Ponte Presidente Costa e Silva, conhecida como Ponte Rio-Niterói, está à venda. Por R$ 1,00, você poderá comprar umas das grandes obras de engenharia desse país. Construída durante o regime militar, ela teve início em 1968 e ficou pronta em 1974, sendo a maior do hemisfério Sul e uma das maiores do mundo. Na atualidade, é cobrado o pedágio em apenas um sentido da ponte. Contudo, se o negócio se concretizar, poderá ser explorada a cobrança no outro sentido. Milhares de carros e caminhões passam pelos seus vãos, gerando uma grande arrecadação no pedágio que garantirá o seu sustento e o dos seus herdeiros por muitos e muitos anos. Apesar da idade, está em pleno funcionamento, sendo a única obra de porte, com tão grande importância, no estado do Rio de Janeiro. Por uma caução de R$ de 10,000,00, o senhor ou a senhora poderá garantir a sua compra. Garanta a sua compra, pois a procura está grande. Mais uma vez, a tentação foi grande, ou não? A ganância pesou.

Como se percebe, os golpes sempre estarão por aí, e você, um familiar ou um amigo ainda poderão, conscientemente, ser vítimas de um deles. Não se arrisque, não se iluda, nada é fácil.

Acredite: A ponte não está à venda. Também não existe terreno na lua à venda.

Comunicação e inspiração: a valorização das jornad...
Formar Líderes – as lições do Gen Octávio Costa
 

Comentários 5

Visitantes - Marcilio Fontes em Quarta, 04 Mai 2022 15:25

MB cmt um texto rico em clareza não bastante a riqueza de detalles. BRASILA...

MB cmt um texto rico em clareza não bastante a riqueza de detalles. BRASILA...
Visitantes - NEVTON F LEITE em Terça, 12 Abril 2022 16:01

Texto muito bem escrito pelo autor, o qual, com a devida clareza, demonstrou habilidade para manejar as ferramentas que produzem textos fluidos e fáceis de entender.
Parabéns!

Texto muito bem escrito pelo autor, o qual, com a devida clareza, demonstrou habilidade para manejar as ferramentas que produzem textos fluidos e fáceis de entender. Parabéns!
Visitantes - Eduardo Martins Franco em Sábado, 09 Abril 2022 18:43

Muito bom, parabéns!

Muito bom, parabéns!
Visitantes - André Luiz em Quinta, 10 Março 2022 10:05

Parabéns Coronel

Parabéns Coronel
Visitantes - EDUARDO DA CRUZ PEREZ em Sexta, 04 Março 2022 18:51

Sensacional! Parabéns!

Sensacional! Parabéns!
Visitantes
Domingo, 26 Junho 2022

By accepting you will be accessing a service provided by a third-party external to http://eblog.eb.mil.br/