O Sistema de Educação Militar do Exército e a Pandemia

O Sistema de Educação Militar do Exército e a Pandemia

O ano de 2020 trouxe ao Brasil o maior desafio da geração atual, a Pandemia da COVID-19.

Continuar lendo
  4327 Acessos
  7 comentários
Comentários Recentes
Visitantes — João montalvão
Parabéns GENERAL Tomás Miguel Mané Ribeiro Paiva! Em hoje saber que Vossa Excelência assume essa grande e honrada posição no Exérc... Leia Mais
Quinta, 06 Agosto 2020 21:25
Visitantes — Leandro silva
Boa tarde .eu me alistei para o exercito .e me mandaram para aeronautica tem como eu sair disso senhor . Queria exercito
Quarta, 03 Junho 2020 18:19
Visitantes — Keize Moraes
Gostaria de saber como posso realizar o alistamento, em meio a essa pandemia?
Quarta, 27 Mai 2020 00:58
4327 Acessos
7 comentários

O reflexo da pandemia da COVID-19 para o ensino no âmbito do Exército Brasileiro

O reflexo da pandemia da COVID-19 para o ensino no âmbito do Exército Brasileiro

A recente situação de isolamento social pela qual as populações do Brasil e do mundo estão passando em decorrência da pandemia da COVID-19 (COrona VIrus Disease - Doença do Corona Vírus 2019) reforçou a atenção das Instituições de Ensino do Exército Brasileiro, a cargo do Departamento de Educação e Cultura do Exército (DECEx), quanto ao emprego prioritário do Ensino a Distância (EAD) como alternativa para a manutenção do ensino nesse período de restrição à mobilidade.

Continuar lendo
  1535 Acessos
  3 comentários
Comentários Recentes
Visitantes — FREDERICO CÉSAR DOS SANTOS MACHADO
Excelente reflexão sobre a modalidade
Sexta, 10 Abril 2020 19:05
Visitantes — Fabiano Siqueira
Excelente!
Sexta, 10 Abril 2020 14:03
Visitantes — Pauloparelhas
A capacitação contínua é inerente à profissão militar. O estudo EAD é uma ferramenta inclusiva de menor custo e elevado alcance. A... Leia Mais
Quinta, 09 Abril 2020 12:15
1535 Acessos
3 comentários

A capacidade de Defesa Biológica do Exército Brasileiro

A capacidade de Defesa Biológica do Exército Brasileiro

Ao longo da história, a comunidade internacional vem assistindo ao surgimento ou agravamento de doenças e epidemias em diversas partes do mundo, algumas relacionadas com atividades humanas de risco e manuseio de elementos perigosos ou à falta de cuidado com o manejo ambiental. Outro dado relevante, foram os casos relacionados com o bioterrorismo ocorridos, em especial, após o ano de 2001.

Continuar lendo
  5729 Acessos
  6 comentários
Marcado em:
Comentários Recentes
Visitantes — Gleice Tobias
Boa tarde a todos! Sou estudante de Perícias Criminais e estou tentando realizar um trabalho sobre como a Perícia poderia atuar em... Leia Mais
Sábado, 28 Março 2020 15:51
Visitantes — LEANDRO LIMA DE SOUZA
Militar de alta capacidade a qualquer emprego e missão, sempre disposto de postura não atoa que hoje calga o cargo de CEL, se não ... Leia Mais
Terça, 18 Fevereiro 2020 09:55
Visitantes — Davi José Rocha
Felicidades Cabo,eu servi em 1997,classe 78,eu era da Bia Comando! Aprendi muito com O Ten Vasconcelos,e hoje Coronel Vasconcelos!... Leia Mais
Domingo, 10 Mai 2020 11:32
5729 Acessos
6 comentários

A importância da análise prospectiva no Exército Brasileiro

A importância da análise prospectiva no Exército Brasileiro

Vivemos tempos de mudanças rápidas e constantes, em um ambiente permeado por características como volatilidade, incerteza, complexidade e ambiguidade. Este contexto exige das organizações uma preocupação constante com o futuro. No caso das organizações militares, observam-se nas últimas décadas mudanças substanciais relativas ao emprego da força, cujo espectro de atuação tem se tornado cada vez mais amplo e complexo, e que inclui desde aspectos ligados a ilícitos transnacionais até o retorno dos tradicionais contenciosos geopolíticos no tabuleiro internacional.

Continuar lendo
  5903 Acessos
  0 comentários
5903 Acessos
0 comentários

Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas 1 (SGDC-1)

Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas 1 (SGDC-1)

Há 20 anos, por ocasião da privatização da Embratel, os satélites brasileiros que operavam na banda X passaram a ser controlados pela Embratel Star One. Desde então, o País deixou de ter um satélite geoestacionário de comunicações genuinamente nacional e passou a ter de pagar a estrangeiros pelo aluguel dos serviços na banda X, de uso exclusivo militar no Brasil.

Continuar lendo
  5042 Acessos
  0 comentários
5042 Acessos
0 comentários