O século XXI e a arte da guerra: a defesa da coesão nacional

O século XXI e a arte da guerra: a defesa da coesão nacional

Este artigo trata da evolução do cenário mundial pós-Guerra Fria e da sua influência na ‘arte da guerra’, evidenciando o potencial da ‘guerra híbrida’ para a erosão da coesão nacional. Parte-se da premissa de que a política é a ferramenta que dirige o poder no Estado, no intuito de atingir os interesses nacionais, tendo a guerra como instrumento de contingência para o uso legítimo da força. Contudo, o uso da força não se restringe à violência física, podendo alcançar a violência econômica, psicológica, diplomática, etc. (Clausewitz, 1976; Bobbio, 1987).

Continuar lendo
  600 Acessos
  1 comentário
600 Acessos
1 comentário

República Centro-Africana: um futuro melhor?

República Centro-Africana: um futuro melhor?

Um esperado acordo de paz foi assinado, em 6 de fevereiro, na cidade de Bangui, capital da República Centro-Africana (RCA), entre o governo e os líderes de 14 grupos armados envolvidos na turbulenta história do país.

Continuar lendo
  1217 Acessos
  2 comentários
1217 Acessos
2 comentários

O Direito Operacional Militar

O Direito Operacional Militar
O uso das Forças Armadas (FA) obedece à expressão da vontade do povo, por meio do seu governo. Cabe ao poder político determinar ou não seu emprego, que deve acontecer dentro dos limites das leis vige...
Continuar lendo
  3042 Acessos
  6 comentários
3042 Acessos
6 comentários