Projetos estratégicos das Forças Armadas e a atual conjuntura econômica brasileira

Projetos estratégicos das Forças Armadas e a atual conjuntura econômica brasileira

A publicação Cenário de Defesa 2020-2039 – Sumário Executivo, do Ministério da Defesa – apresenta estudos sobre situações de ameaças e características dos conflitos do futuro que reforçam que as Forças Armadas do Brasil estão no caminho certo para o desenvolvimento de seus projetos estratégicos. O propósito é capacitar o País na defesa de sua soberania – palavra tão cara e de grande relevância para a sociedade brasileira nos dias atuais.

Continuar lendo
  3830 Acessos
  5 comentários
3830 Acessos
5 comentários

O século XXI e a arte da guerra: a defesa da coesão nacional

O século XXI e a arte da guerra: a defesa da coesão nacional

Este artigo trata da evolução do cenário mundial pós-Guerra Fria e da sua influência na ‘arte da guerra’, evidenciando o potencial da ‘guerra híbrida’ para a erosão da coesão nacional. Parte-se da premissa de que a política é a ferramenta que dirige o poder no Estado, no intuito de atingir os interesses nacionais, tendo a guerra como instrumento de contingência para o uso legítimo da força. Contudo, o uso da força não se restringe à violência física, podendo alcançar a violência econômica, psicológica, diplomática, etc. (Clausewitz, 1976; Bobbio, 1987).

Continuar lendo
  4183 Acessos
  3 comentários
4183 Acessos
3 comentários

Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas 1 (SGDC-1)

Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas 1 (SGDC-1)

Há 20 anos, por ocasião da privatização da Embratel, os satélites brasileiros que operavam na banda X passaram a ser controlados pela Embratel Star One. Desde então, o País deixou de ter um satélite geoestacionário de comunicações genuinamente nacional e passou a ter de pagar a estrangeiros pelo aluguel dos serviços na banda X, de uso exclusivo militar no Brasil.

Continuar lendo
  4655 Acessos
  0 comentários
4655 Acessos
0 comentários

O Rio de Janeiro e a Segurança Pública após a Intervenção

O Rio de Janeiro e a Segurança Pública após a Intervenção

A linha de continuidade, ainda que em ritmo menos intenso, na curva descendente dos índices de criminalidade no estado do Rio de Janeiro reflete o volume dos investimentos feitos no âmbito da Intervenção Federal realizada em 2018. Os números evidenciam que crimes de alto potencial lucrativo como o roubo de carga seguem sendo uma prioridade em termos de enfrentamento. Da mesma forma, a maior capacidade operacional das polícias continua impactando os números de mortes em confrontos com policiais, que iniciaram janeiro no segundo maior índice da série histórica, mas felizmente caíram nos meses seguintes.

Continuar lendo
  4136 Acessos
  1 comentário
4136 Acessos
1 comentário

Brasil e OTAN: uma análise da possível parceria

Brasil e OTAN: uma análise da possível parceria

           A Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) foi criada em 1949, agrupando 12 países em torno de um projeto de “segurança coletiva” em face do inimigo comum.  A Europa estava dividida ideologicamente: a leste, a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS) ameaçava expandir militarmente seu território e, a oeste, os Estados Unidos da América (EUA) tentavam impedir.

Continuar lendo
  4692 Acessos
  7 comentários
4692 Acessos
7 comentários