Competições de Inovação voltadas para o desenvolvimento de Tecnologias Duais de Interesse de Projetos Estratégicos do Exército*

Competições de Inovação voltadas para o desenvolvimento de Tecnologias Duais de Interesse de Projetos Estratégicos do Exército*

A Defesa do Estado é missão constitucional das Forças Armadas, tarefa a elas delegada pela sociedade brasileira. Para o cumprimento dessa missão, os empreendimentos envolvendo ciência, tecnologia e inovação vêm assumindo uma relevância cada vez maior.

Continuar lendo
  1383 Acessos
  0 comentários
1383 Acessos
0 comentários

O Sistema de Educação Militar do Exército e a Pandemia

O Sistema de Educação Militar do Exército e a Pandemia

O ano de 2020 trouxe ao Brasil o maior desafio da geração atual, a Pandemia da COVID-19.

Continuar lendo
  5184 Acessos
  9 comentários
Comentários Recentes
Visitantes — joel do nascimento oliveira
em 2004...qua do servi ano exercito ele era tenente corenel no BGP!é um prazer saber que ele está bem e que é general de exército... Leia Mais
Segunda, 08 Março 2021 02:58
Visitantes — Wilian Amorim
Os nossos cadetes não podem parar, parabéns Exército brasileiro braço forte mão amiga.
Quinta, 04 Fevereiro 2021 16:10
Visitantes — João montalvão
Parabéns GENERAL Tomás Miguel Mané Ribeiro Paiva! Em hoje saber que Vossa Excelência assume essa grande e honrada posição no Exérc... Leia Mais
Quinta, 06 Agosto 2020 21:25
5184 Acessos
9 comentários

A estrutura de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear do Exército no apoio à sociedade brasileira no combate à COVID-19

A estrutura de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear do Exército no apoio à sociedade brasileira no combate à COVID-19

Nos últimos 20 anos, as frações de defesa química, biológica, radiológica e nuclear (DQBRN) do Exército Brasileiro (EB) foram, constantemente, empregadas em variados eventos de repercussão nacional e internacional. Essas ações proporcionaram o aperfeiçoamento e a modernização da estrutura, atualização da doutrina, melhora da articulação das frações e aquisição de equipamentos de destacada eficiência que colocaram o Brasil como uma das referências na área.

Continuar lendo
  3365 Acessos
  3 comentários
Comentários Recentes
Visitantes — nezelino
obrigado
Sexta, 28 Agosto 2020 09:18
Visitantes — CLOVIS EDUARDO GODOY ILHA
Parabéns, Vasconcelos. Excelente artigo. Tenho muito orgulho de ter pertencido à família DQBRN do Exército. Grande abraço.
Quarta, 22 Abril 2020 16:16
Visitantes — Fabiano de Sousa Vargas
Boa Tarde Prezado, sou perito criminal e trabalho em apoio ao instituto medico legal do Amazonas, e gostaria de saber qual a form... Leia Mais
Quarta, 22 Abril 2020 13:23
3365 Acessos
3 comentários

A capacidade de Defesa Biológica do Exército Brasileiro

A capacidade de Defesa Biológica do Exército Brasileiro

Ao longo da história, a comunidade internacional vem assistindo ao surgimento ou agravamento de doenças e epidemias em diversas partes do mundo, algumas relacionadas com atividades humanas de risco e manuseio de elementos perigosos ou à falta de cuidado com o manejo ambiental. Outro dado relevante, foram os casos relacionados com o bioterrorismo ocorridos, em especial, após o ano de 2001.

Continuar lendo
  6571 Acessos
  6 comentários
Marcado em:
Comentários Recentes
Visitantes — Gleice Tobias
Boa tarde a todos! Sou estudante de Perícias Criminais e estou tentando realizar um trabalho sobre como a Perícia poderia atuar em... Leia Mais
Sábado, 28 Março 2020 15:51
Visitantes — LEANDRO LIMA DE SOUZA
Militar de alta capacidade a qualquer emprego e missão, sempre disposto de postura não atoa que hoje calga o cargo de CEL, se não ... Leia Mais
Terça, 18 Fevereiro 2020 09:55
Visitantes — Davi José Rocha
Felicidades Cabo,eu servi em 1997,classe 78,eu era da Bia Comando! Aprendi muito com O Ten Vasconcelos,e hoje Coronel Vasconcelos!... Leia Mais
Domingo, 10 Mai 2020 11:32
6571 Acessos
6 comentários

Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas 1 (SGDC-1)

Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas 1 (SGDC-1)

Há 20 anos, por ocasião da privatização da Embratel, os satélites brasileiros que operavam na banda X passaram a ser controlados pela Embratel Star One. Desde então, o País deixou de ter um satélite geoestacionário de comunicações genuinamente nacional e passou a ter de pagar a estrangeiros pelo aluguel dos serviços na banda X, de uso exclusivo militar no Brasil.

Continuar lendo
  5832 Acessos
  0 comentários
5832 Acessos
0 comentários