Guerras, pandemias e o engodo da invisibilidade

Guerras, pandemias e o engodo da invisibilidade

“Quando empregada, uma força militar tem apenas dois efeitos imediatos: matar pessoas e destruir coisas. Se essas mortes e destruições servirão ou não para atingir o propósito global ou político que se pretendia que a força atingisse, isso depende da escolha de alvos ou objetivos, todos dentro do contexto mais amplo da operação. Essa é a verdadeira medida de sua utilidade”.

Continuar lendo
  2029 Acessos
  6 comentários
Comentários Recentes
Visitantes — Arthur Fernandes
Excelente texto. Cel. Cinelli deveria coordenar um grupo de pesquisa em assuntos internacionais no CNPQ.
Quarta, 11 Novembro 2020 16:59
Visitantes — Ricardo Sousa Dos Santos
Muito bom conteúdo, e continuem com essa missão, OBS: Bem que o EB poderia desenvolver um APP para o público, com cursos instruin... Leia Mais
Segunda, 09 Novembro 2020 00:23
Visitantes — antonio flavio campeotti lauffer
A grande mídia, em especial os meios televisivos, certamente nosso maior INIMIGO, os néscios, lacaios lesa pátria, dotados de gran... Leia Mais
Sexta, 06 Novembro 2020 13:58
2029 Acessos
6 comentários

Procurando o rumo

Procurando o rumo
Interpretar o cenário nacional é um desafio ao discernimento. A multiplicidade de apelos de conteúdo emocional parece criar perplexidade, anulando nos brasileiros o senso de responsabilidade pelo próp...
Continuar lendo
  4324 Acessos
  5 comentários
Comentários Recentes
Visitantes — Martins
Que rumo seria aquele pretendido pelo forte apelo em verso musicado amplamente difundido nos meios de comunicações da época? Pelo... Leia Mais
Quinta, 01 Março 2018 00:26
Visitantes — Tiago Luís Marchetti
Meu nome é Tiago tenho 29 anos e sou Florianópolis, técnico em eletrotécnica e gostaria de entrar para a carreira militar como faç... Leia Mais
Quarta, 28 Fevereiro 2018 07:50
Visitantes — Adriel junior ferreira
Queria entra para o exercito como fasso
Segunda, 26 Fevereiro 2018 23:35
4324 Acessos
5 comentários