Sargento do Exército Brasileiro: responsabilidades e desafios

Parte integrante e fundamental da estrutura organizacional da Força Terrestre, sobre o sargento recai grande responsabilidade pela manutenção da solidez do Exército Brasileiro. A ele cabe a missão de servir como “referência imediata” para cabos e soldados e para Sargentos mais jovens e recém-egressos das Escolas. Esta referência se concretiza pelos exemplos de profissionalismo e correção de atitudes demonstrados no dia a dia dos quartéis, desde o cumprimento das ordens dos superiores até a atuação pautada na disciplina consciente.

A responsabilidade cresce de importância pela proximidade funcional entre os graduados e inicia-se desde cedo na formação militar dos mais modernos. A forja das escolas militares intensifica-se com a apresentação na organização militar dos Corpos de Tropa. É ali onde tudo é posto à prova. A tutela e a constante vigília dos instrutores e monitores que dão o amálgama inicial da formação cessam, e o sargento precisa seguir o seu próprio caminho, atento às referências positivas dos oficiais e graduados mais antigos e experientes.

Ao longo da carreira, o sargento constrói a competência necessária para cumprir suas tarefas com perfeição. Conforme o Manual de Fundamentos – Doutrina Militar Terrestre, essa competência é a capacidade de mobilizar, ao mesmo tempo e de maneira inter-relacionada, conhecimentos, habilidades, atitudes, valores e experiências (chave) para decidir e atuar adequadamente. Este acrônimo aponta o “Norte”, onde o sargento tornar-se-á eficaz e efetivo no cumprimento das diversas missões, na condição de comandante de pequenas frações.

O Exército Brasileiro possui diferentes níveis de comando e organização. Neste sentido, o pleno entendimento dessas camadas é vital para o funcionamento das pequenas frações. Ao compreender seu espaço e a amplitude de suas responsabilidades, o sargento coopera para que essa estrutura de comando funcione melhor ajustada, contribuindo para reforçar as bases de trabalho da Força Terrestre. O oficial, ao dispor do sargento como um assessor confiável e capaz, com destaque para o sargento adjunto, terá melhores condições para decidir e comandar seu pelotão.

Ao sargento cabe conhecer muito bem sua profissão e, principalmente, seus subordinados. Deve comunicar-se eficazmente e estar sempre pronto para corrigir com sereno rigor, apoiá-los nas dificuldades, e, não menos importante, emprestar bons exemplos em todas as oportunidades. Estar próximo ao subordinado é indispensável para a construção de um ambiente favorável ao estímulo da confiança e da motivação. Por suas atitudes e verdadeiro interesse em seus subordinados, o comandante da pequena fração demonstra o valor de cada um para a instituição, obtendo como retorno a motivação de seus comandados nas diversas missões recebidas, resultando sempre em excelente desempenho coletivo.

A confiança gera a credibilidade e ela, por si, sustenta a liderança. Isso faz com que o subordinado sinta-se motivado, apresente melhores resultados e passe a compreender que faz parte de uma equipe. É o que conhecemos como “sentimento de pertencimento”. Toda sinergia emanada por integrante da fração traduzir-se-á em coesão que potencializa rendimento.

Para o aprimoramento das relações interpessoais na caserna, algumas rotinas são o azimute para o sucesso e não há Exército contemporâneo que possa desfazer-se delas. As conversas nas formaturas matinais, o treinamento físico militar por fração constituída, a manutenção do armamento com sua fração e as confraternizações são algumas das oportunidades que o sargento precisa valer-se para estar mais próximo ao subordinado.

Quando realmente o conhecemos e identificamos suas qualidades, fica muito mais fácil atribuir responsabilidades, sendo uma excelente oportunidade para gerenciar e desenvolver o potencial do militar. Permitir ao sargento que tome decisões e que tenha iniciativa nos limites da intenção de seu comandante é uma ação que valoriza o profissional e constrói sólidos laços de confiança. Dar autonomia para o subordinado é proporcionar a maturação da tríade “confiança, credibilidade e liderança”.

No contexto atual, em que as formas de emprego das frações em operações têm evoluído e se apresentam mais descentralizadas, uma decisão equivocada de um graduado repercute de forma imediata e pode afetar o resultado da operação, além de comprometer a imagem da instituição. Sargentos competentes, conhecedores de sua profissão e dotados de iniciativa, coragem física e moral, conseguem extrair os melhores resultados dos militares sob seu comando.

Fica evidente que a capacitação técnica do sargento é imprescindível para enfrentar os atuais e futuros desafios. Ainda vale destacar que, conforme o objetivo nº 11 do Plano Estratégico do Exército 2020-2023 e as Premissas da Diretriz do Comandante do Exército 2019, toda conduta deve estar alicerçada nos valores, nas tradições e na ética militar. Cultuar as tradições da instituição é dar continuidade ao legado herdado de nossos antepassados e honrar o compromisso assumido de entregá-lo às novas gerações, afinal, a palavra tradição, do latim traditio, significa “entregar, passar adiante”.

Por fim, a Força Terrestre entende que atribuir maiores responsabilidades ao sargento é fortalecer a própria instituição, com uma base sólida e eficaz. Quanto melhor for a formação do sargento e mais aprimorado e atrativo for seu plano de carreira, melhores e mais motivados profissionais das armas serão para a manutenção de um componente terrestre moderno, coeso e dotado das capacidades necessárias para cumprir sua missão.

Síntese da missão do sargento – retirada da palestra do Adj Cmdo Ex

 

REFERÊNCIAS:

- Diretriz do Comandante do Exército 2019. Disponível em <http://www.eb.mil.br/publicacoes>. Acesso em: 28 de jul. de 2020.

- Plano Estratégico do Exército 2020-2023. Disponível em

<http://intranet.eme.eb.mil.br/emenet/sites/3sch/index.php/siplex>. Acesso em: 28 de jul. de 2020.

- Exército Brasileiro. Manual de Fundamentos - DOUTRINA MILITAR TERRESTE (EB20-MF-10.102), 2ª Edição, 2019.

Ações do Exército em apoio às comunidades indígena...
O emprego da Força Terrestre Componente sob a ót...
 

Comentários 20

Visitantes - Raniery Franco em Sexta, 23 Outubro 2020 14:45

O aprendizado contínuo (constante capacitação técnica) aliado a empatia (relacionamento interpessoal) e credibilidade são fundamentais, pois capacitam o Sargento a desempenhar seu papel no “estado da arte” e conquistar a confiança tanto de superiores quanto de subordinados. O parabenizo pelo excelente artigo Ten Edi Carlos!

O aprendizado contínuo (constante capacitação técnica) aliado a empatia (relacionamento interpessoal) e credibilidade são fundamentais, pois capacitam o Sargento a desempenhar seu papel no “estado da arte” e conquistar a confiança tanto de superiores quanto de subordinados. O parabenizo pelo excelente artigo Ten Edi Carlos!
Visitantes - rodrigo silveira da cruz em Sexta, 23 Outubro 2020 10:44

Parabéns pelo excelente texto, Ten Edi Carlos. conforme o Sr já disse em algumas palestras, " Qual a missão do Sgt? É ser Sgt!".

Parabéns pelo excelente texto, Ten Edi Carlos. conforme o Sr já disse em algumas palestras, " Qual a missão do Sgt? É ser Sgt!".
Visitantes - Marco Antonio em Sexta, 23 Outubro 2020 08:14

Parabéns pelo texto Edi Carlos! Posiciona de forma clara a importância e os aspectos mais relevantes do papel do Sargento para nosso Exército.

Parabéns pelo texto Edi Carlos! Posiciona de forma clara a importância e os aspectos mais relevantes do papel do Sargento para nosso Exército.
Visitantes - Danny Gomes em Sexta, 23 Outubro 2020 00:01

Excelente resumo dos deveres e responsabilidades do Sargento. Como dizemos no “Credo dos Graduados” (NCO Creed) do Exército dos EUA, “Ninguém é mais profissional que eu. Eu sou um Sargento (graduado), um líder de soldados. Sei que sou membro de um corpo consagrado pelo tempo e conhecido como a Espinha Dorsal do exército.”...
Me orgulho de ver o crescimento profissional dos meus companheiros de armas e seu respectivo, merecido e oportuno reconhecimento diante dos seus subordinados, pares e superiores. Parabéns, 2° Ten Edi Carlos pelo excelente trabalho que tem feito até o momento.

MSG Danny Gomes
U.S. Southern Command
U.S. Army

Excelente resumo dos deveres e responsabilidades do Sargento. Como dizemos no “Credo dos Graduados” (NCO Creed) do Exército dos EUA, “Ninguém é mais profissional que eu. Eu sou um Sargento (graduado), um líder de soldados. Sei que sou membro de um corpo consagrado pelo tempo e conhecido como a Espinha Dorsal do exército.”... Me orgulho de ver o crescimento profissional dos meus companheiros de armas e seu respectivo, merecido e oportuno reconhecimento diante dos seus subordinados, pares e superiores. Parabéns, 2° Ten Edi Carlos pelo excelente trabalho que tem feito até o momento. MSG Danny Gomes U.S. Southern Command U.S. Army
Visitantes - Anderson Fetzer Rodrigues em Quinta, 22 Outubro 2020 23:15

Excelente texto Ten Edi Carlos!
O Sargento, assim como os Oficias de nosso Exército, exercem um papel fundamental na construção e manutenção dos valores militares. Dentre todos os papéis exercidos pelos graduados, acredito que "servir de exemplo" seja o mais importante, pois este é capaz de modificar comportamentos, motivar e inspirar os mais "modernos". Este papel tem sido o alicerce do cargo do Adjunto de Comando em nossa Instituição, e o Sr o tem desempenhado muito bem. Parabéns pelo artigo e pelo trabalho exemplar como Adjunto de Comando do Exército Brasileiro.
Que Deus continue iluminando seus caminhos!
Forte abrAÇO!

Excelente texto Ten Edi Carlos! O Sargento, assim como os Oficias de nosso Exército, exercem um papel fundamental na construção e manutenção dos valores militares. Dentre todos os papéis exercidos pelos graduados, acredito que "servir de exemplo" seja o mais importante, pois este é capaz de modificar comportamentos, motivar e inspirar os mais "modernos". Este papel tem sido o alicerce do cargo do Adjunto de Comando em nossa Instituição, e o Sr o tem desempenhado muito bem. Parabéns pelo artigo e pelo trabalho exemplar como Adjunto de Comando do Exército Brasileiro. Que Deus continue iluminando seus caminhos! Forte abrAÇO!
Visitantes - S Ten Filho em Quinta, 22 Outubro 2020 20:46

Parabéns pelo texto Ten Edi Carlos.
Diante desta nova era tecnológica que vivemos (mídias sociais, etc), cada vez mais os jovens soldados revelam novos comportamentos. Hoje em dia, certos costumes, novas práticas, novos "macetes", se difundem rapidamente entre as OM. Entendo que nessa hora, o Sargento, aquele que está em contato direto com sua fração, deve primar pelo exemplo, deve estar atento, deve observar e acompanhar de perto seus subordinados, tudo isso, visando ajudá-los no que for preciso, mas também, corrigir e orientar quando necessário.
É de cedo aprendemos: a ação de comando deve ser exercida em todos os níveis, em todos os escalões.
Finalmente, ao término do ano de instrução, aquele recruta retorna à vida civil, levando na mochila as boas amizades, mas também os bons ensinamentos.
Portanto, nossa responsabilidade é enorme, afinal de contas, o que for feito de bom por aqueles jovens, ficará com eles para sempre, e assim, ganha a sociedade, ganha nosso Exército.

Parabéns pelo texto Ten Edi Carlos. Diante desta nova era tecnológica que vivemos (mídias sociais, etc), cada vez mais os jovens soldados revelam novos comportamentos. Hoje em dia, certos costumes, novas práticas, novos "macetes", se difundem rapidamente entre as OM. Entendo que nessa hora, o Sargento, aquele que está em contato direto com sua fração, deve primar pelo exemplo, deve estar atento, deve observar e acompanhar de perto seus subordinados, tudo isso, visando ajudá-los no que for preciso, mas também, corrigir e orientar quando necessário. É de cedo aprendemos: a ação de comando deve ser exercida em todos os níveis, em todos os escalões. Finalmente, ao término do ano de instrução, aquele recruta retorna à vida civil, levando na mochila as boas amizades, mas também os bons ensinamentos. Portanto, nossa responsabilidade é enorme, afinal de contas, o que for feito de bom por aqueles jovens, ficará com eles para sempre, e assim, ganha a sociedade, ganha nosso Exército.
Visitantes - JORGE MAURICIO DA SILVA em Quinta, 22 Outubro 2020 18:08

Excelente texto Ten Edi Carlos. Os sargentos do Exército Brasileiro sempre estão e estarão a disposição da Força Terrestre para cumprir a nossa missão constitucional em sintonia com nosso juramento de alma a esta nação.

Excelente texto Ten Edi Carlos. Os sargentos do Exército Brasileiro sempre estão e estarão a disposição da Força Terrestre para cumprir a nossa missão constitucional em sintonia com nosso juramento de alma a esta nação.
Visitantes - Max Wolf em Quinta, 22 Outubro 2020 12:04

O Sargento é um dos alicerces mais importantes da Força Terrestre e o seu engajamento, envolvimento e contribuição proativa com a instituição é de fundamental importância para o cumprimento das diversas atividades institucionais. Na minha vida profissional tive a oportunidade de conhecer Sargentos líderes, os quais me motivaram e apoiaram no meu crescimento pessoal e profissional, ainda, foram protagonistas no exemplo e transmissão dos valores militares que trago e levarei comigo pelo resto de minha vida. São os Sargentos que têm a percepção sobre a realidade das praças (Cb e Sd), apoiando-os, estimulando-os ao cumprimento do dever, além de ser um “irmão mais velho” ou até “pai desconsideração” ao “gorotos” no cumprimento do Serviço Militar. Assim sendo, a instituição deverá esse valorizar esse capital humano fundamental, principalmente os Sgt do quadro efetivo (compromisso com a Força), investindo intensamente no aprimoramento técnico-profissional, inclusive no incentivo de realização de cursos em estabelecimentos de ensino civil, a fim de melhor aproveitá-los em prol da instituição.

O Sargento é um dos alicerces mais importantes da Força Terrestre e o seu engajamento, envolvimento e contribuição proativa com a instituição é de fundamental importância para o cumprimento das diversas atividades institucionais. Na minha vida profissional tive a oportunidade de conhecer Sargentos líderes, os quais me motivaram e apoiaram no meu crescimento pessoal e profissional, ainda, foram protagonistas no exemplo e transmissão dos valores militares que trago e levarei comigo pelo resto de minha vida. São os Sargentos que têm a percepção sobre a realidade das praças (Cb e Sd), apoiando-os, estimulando-os ao cumprimento do dever, além de ser um “irmão mais velho” ou até “pai desconsideração” ao “gorotos” no cumprimento do Serviço Militar. Assim sendo, a instituição deverá esse valorizar esse capital humano fundamental, principalmente os Sgt do quadro efetivo (compromisso com a Força), investindo intensamente no aprimoramento técnico-profissional, inclusive no incentivo de realização de cursos em estabelecimentos de ensino civil, a fim de melhor aproveitá-los em prol da instituição.
Visitantes - AMARANTE REIS JUNIOR em Quinta, 22 Outubro 2020 10:23

"... toda conduta deve estar alicerçada nos valores, nas tradições e na ética militar..." sem dúvida tais condutas inconscientemente mantém nossa instituição sólida. Parabéns ao Adj Cmdo Cmt Ex pelo texto.

"... toda conduta deve estar alicerçada nos valores, nas tradições e na ética militar..." sem dúvida tais condutas inconscientemente mantém nossa instituição sólida. Parabéns ao Adj Cmdo Cmt Ex pelo texto.
Visitantes - Gen Freitas em Quinta, 22 Outubro 2020 08:37

Cumprimentos ao Ten Edi Carlos pelo texto, que de de forma muito clara e com argumentos consistentes expõe o papel fundamental dos sargentos na nossa Instituição. Palavras que merecem ser lidas por todos os militares

Cumprimentos ao Ten Edi Carlos pelo texto, que de de forma muito clara e com argumentos consistentes expõe o papel fundamental dos sargentos na nossa Instituição. Palavras que merecem ser lidas por todos os militares
Visitantes - MILTO JOSE DELLA FLORA em Quinta, 22 Outubro 2020 07:36

Cada vez mais tona-se necessário investir na formação dos nossos graduados. Formar graduados que atendam a demanda das novas missões do Exército Brasileiro, que estejam sempre buscando o auto aperfeiçoamento e com capacidade de trabalhar com tecnologias.
A construção de uma escola única, com capacidade de dar um mesmo padrão na formação e de atrair bons instrutores, em um local que atenda as demandas da família militar é de fundamental importância.

Cada vez mais tona-se necessário investir na formação dos nossos graduados. Formar graduados que atendam a demanda das novas missões do Exército Brasileiro, que estejam sempre buscando o auto aperfeiçoamento e com capacidade de trabalhar com tecnologias. A construção de uma escola única, com capacidade de dar um mesmo padrão na formação e de atrair bons instrutores, em um local que atenda as demandas da família militar é de fundamental importância.
Visitantes - Luis Carlos Silveira Lemes em Quinta, 22 Outubro 2020 06:21

Parabéns pelo excelente artigo Ten Edi Carlos! Um trabalho conciso, mas muito completo em seus valores e significados. O texto em si já representa muito claramente quem é o Sargento de hoje e aponta o caminho para profissionais melhores ainda no futuro.

Aço!!!

Parabéns pelo excelente artigo Ten Edi Carlos! Um trabalho conciso, mas muito completo em seus valores e significados. O texto em si já representa muito claramente quem é o Sargento de hoje e aponta o caminho para profissionais melhores ainda no futuro. Aço!!!
Visitantes - Maj Carlos Henrique em Quinta, 22 Outubro 2020 00:01

Texto de grande valia e pertinência ao atual momento. O assunto de liderança dos sargentos é potencializado quando o autor tem a competência e inspira exemplo a todos ao seu redor. Parabéns Ten Edi Carlos, militar de alto valor.

Texto de grande valia e pertinência ao atual momento. O assunto de liderança dos sargentos é potencializado quando o autor tem a competência e inspira exemplo a todos ao seu redor. Parabéns Ten Edi Carlos, militar de alto valor.
Visitantes - Gen Div Richard Fernandez Nunes em Quarta, 21 Outubro 2020 21:54

Texto irretocável, que reflete a disciplina, a competência profissional e a liderança exercida pelo Adjunto de Comando do Exército. A força do exemplo impele ao cumprimento da missão, por mais desafiadora que seja a situação. Que este artigo inspirador repercuta na Força Terrestre.

Texto irretocável, que reflete a disciplina, a competência profissional e a liderança exercida pelo Adjunto de Comando do Exército. A força do exemplo impele ao cumprimento da missão, por mais desafiadora que seja a situação. Que este artigo inspirador repercuta na Força Terrestre.
Visitantes - ST LEDMILSON em Quarta, 21 Outubro 2020 17:48

A inquietude evolucional da sociedade, veloz como nunca nesses últimos tempos, tem produzido jovens cada vez mais voláteis e inseguros. Nesse escopo o Sargento formado sob a égide do exemplo, um dos cernes da pedagogia castrense, e com uma formação solida de 2 anos, tem um papel cada vez mais importante para a força terrestre. Elo para o Cmdo, para a manutenção das Tradições, para perpetuação dos valores, para a aquisição de novas habilidades e consequentemente para evolução da Força Terrestre.

Parabéns pelo texto meu Amigo Ten EDI CARLOS. Sempre inspirando com o exemplo.

A inquietude evolucional da sociedade, veloz como nunca nesses últimos tempos, tem produzido jovens cada vez mais voláteis e inseguros. Nesse escopo o Sargento formado sob a égide do exemplo, um dos cernes da pedagogia castrense, e com uma formação solida de 2 anos, tem um papel cada vez mais importante para a força terrestre. Elo para o Cmdo, para a manutenção das Tradições, para perpetuação dos valores, para a aquisição de novas habilidades e consequentemente para evolução da Força Terrestre. Parabéns pelo texto meu Amigo Ten EDI CARLOS. Sempre inspirando com o exemplo.
Visitantes - Cel Paulo Filho em Quarta, 21 Outubro 2020 16:56

Excelente texto do Tenente Edi Carlos, Adjunto de Comando do Comandante do Exército, profissional de escol com quem já tive a felicidade de ombrear. Os aspectos levantados no artigo bem ressaltam as responsabilidades e desafios dos Sargentos, profissionais fundamentais para a Instituição Castrense.

Excelente texto do Tenente Edi Carlos, Adjunto de Comando do Comandante do Exército, profissional de escol com quem já tive a felicidade de ombrear. Os aspectos levantados no artigo bem ressaltam as responsabilidades e desafios dos Sargentos, profissionais fundamentais para a Instituição Castrense.
Visitantes - Marcio Ribeiro em Quarta, 21 Outubro 2020 16:51

É pautado na confiança que o sargento, denominado como elo de ligação entre o comando e a tropa, adquire o respeito de seus superiores, pares e subordinados, motivado ao longo da carreira em busca do aprimoramento profissional, contribuindo com a sua experiência para melhorar as inter-relações, servindo de exemplo e inspiração aos militares mais jovens.

É pautado na confiança que o sargento, denominado como elo de ligação entre o comando e a tropa, adquire o respeito de seus superiores, pares e subordinados, motivado ao longo da carreira em busca do aprimoramento profissional, contribuindo com a sua experiência para melhorar as inter-relações, servindo de exemplo e inspiração aos militares mais jovens.
Visitantes - VALERIO FAMBRE GONCALVES em Quarta, 21 Outubro 2020 16:19

Sem sombra de dúvidas o Sargento é a ligação entre o Comando e a tropa e lidera pelo exemplo.
O S Ten Edicarlos é um exemplo de Militar dedicado e capaz, muito assertiva a escolha para Adj de Comando do EB.

Sem sombra de dúvidas o Sargento é a ligação entre o Comando e a tropa e lidera pelo exemplo. O S Ten Edicarlos é um exemplo de Militar dedicado e capaz, muito assertiva a escolha para Adj de Comando do EB.
Visitantes - Roberto Bezerra Costa em Quarta, 21 Outubro 2020 12:13

Excelente texto!
Cabe a nós (Sargentos) internalizarmos e praticarmos essas palavras sendo a referência que os mais jovens precisam. Assim o nosso Exército ficará cada vez mais fortalecido.
Pátria, Brasil!

Excelente texto! Cabe a nós (Sargentos) internalizarmos e praticarmos essas palavras sendo a referência que os mais jovens precisam. Assim o nosso Exército ficará cada vez mais fortalecido. Pátria, Brasil!
Visitantes - Helcio em Quarta, 21 Outubro 2020 10:37

Em um mundo cada vez mais dinâmico e conectado, onde os likes e deslikes se tornaram uma ferramenta de comunicação e interpretação de ideias, torna-se imprescindível a atuação humana na formação dos jovens de hoje. Nesse aspecto, o Sargento tem papel fundamental na consolidação de tradições e valores, uma vez que a ele é confiada a missão de estar ao lado do Comando na formação e orientação dos militares recém incorporados à Força. Imprescindível para a manutenção e fortalecimento da imagem do Exército perante a Sociedade.

Em um mundo cada vez mais dinâmico e conectado, onde os likes e deslikes se tornaram uma ferramenta de comunicação e interpretação de ideias, torna-se imprescindível a atuação humana na formação dos jovens de hoje. Nesse aspecto, o Sargento tem papel fundamental na consolidação de tradições e valores, uma vez que a ele é confiada a missão de estar ao lado do Comando na formação e orientação dos militares recém incorporados à Força. Imprescindível para a manutenção e fortalecimento da imagem do Exército perante a Sociedade.
Visitantes
Terça, 24 Novembro 2020

By accepting you will be accessing a service provided by a third-party external to http://eblog.eb.mil.br/