Precisa-se de líderes

A origem da liderança está associada intrinsicamente à atividade militar. A existência do líder é inerente à necessidade de condução de homens quando em combate. Conforme afirmou o Professor Emérito de liderança na Harvard Bussiness School, John Kotter, “ninguém descobriu ainda como gerenciar pessoas de forma eficaz em uma batalha; elas devem ser lideradas”.

Embora as escolas militares estejam cientes dessa necessidade e invistam na formação de líderes militares, a necessidade de líderes em diferentes campos da vida em sociedade tem sido um marco na história da humanidade e a sua existência, fator de significativas transformações.

Alguns setores perceberam com mais força a importância da liderança e investem no seu pessoal, na busca do surgimento de verdadeiros líderes para a condução das ações. O ambiente empresarial, particularmente, absorveu com entusiasmo essa verdade e, ao focar na formação de líderes, testemunhou significativo avanço no mundo dos negócios.

É perceptível que a liderança tem que extrapolar o ambiente militar e empresarial e se espalhar por diferentes setores da sociedade. Na mais alta estrutura governamental, é preciso que haja líderes capazes de conduzir os desígnios das nações e seus povos.

O líder é capaz de guiar o grupo a melhores destinos, a atingir metas que não seriam alcançadas sem a sua presença. Para tanto, o líder deverá ter visão, ser capaz de enxergar aquilo que ainda está imperceptível aos olhos dos demais. Terá, também, de exercer influência, ser capaz de motivar seus liderados a compartilhar dessa visão. Para tanto, o líder deverá possuir inteligência interpessoal, componente basilar daquilo que foi definido por Daniel Goleman como Inteligência Emocional.

Ele deverá, portanto, ter capacidade de reconhecer emoções, ou seja, possuir empatia. Além disso, ser capaz de administrar relacionamentos, fazendo uso correto da autoridade; praticar a justiça, dando a cada liderado o que lhe é devido, agindo com neutralidade, não tendo “dois pesos e duas medidas”; ter paciência na convivência pessoal e profissional; e tato ao lidar com as pessoas.

Quanto mais elevada for a liderança, mais o líder exerce a liderança indireta. O líder, nesse patamar, exerce sua liderança por meio de outros líderes. É o líder que influencia outros líderes, é o líder “couch”, que forma novos líderes, é o líder capaz de identificar lideranças emergentes.

Terá, sim, que possuir conhecimento técnico na sua área de atuação, porém, o líder pleno, em elevado patamar hierárquico, poderá não dominar todos os aspectos técnicos e, em situações pontuais, exercerá sua liderança por intermédio de um líder hábil a conduzir as ações nessa situação específica. Essa liderança pontual é o que Max De Pree chamou de “Roving Leadership”, uma liderança itinerante, emergente, aplicada àquela situação específica. Ao líder pleno cabe a identificação das pessoas que poderão exercer essa liderança pontual em um momento de crise específico.

O líder é uma construção pessoal. É possível mostrar as ferramentas com as quais se constrói um verdadeiro líder, mas a sua edificação é pessoal, ele se autoconstrói. É impossível, diferentemente do que ocorre na quase totalidade de outras áreas de formação, que ao final de um curso de liderança seus alunos sejam agraciados com um diploma de líder.

Os quartéis, as empresas, a sociedade, enfim, toda a humanidade precisa que indivíduos aprendam a mexer com essas ferramentas de construção da liderança, que se sintam motivados, vocacionados e, acima de tudo, que sejam disciplinados e persistentes para se transformarem em verdadeiros líderes.

* Artigo publicado originalmente na agência de notícias DefesaNet em 20 de outubro de 2020.

** O Gen Joarez é Assessor do Departamento de Educação e Cultura do Exército e ministra palestras sobre Liderança nas Escolas Militares.

Implementação e ineditismo das mídias sociais como...
Guerras, pandemias e o engodo da invisibilidade

Posts Relacionados

 

Comentários 13

Visitantes - Elismar em Quinta, 19 Novembro 2020 19:00

Sempre quis fazer parte das forças armadas

Sempre quis fazer parte das forças armadas
Visitantes - Elismar marinho da Silva em Quinta, 19 Novembro 2020 18:59

Meu sonho

Meu sonho
Visitantes - Anderson Grzelkovski em Sábado, 14 Novembro 2020 23:45

Artigo muito bom general. Parabéns! A liderança sempre foi um elemento necessário em todos os ambientes em nossa sociedade mas aumenta seu grau de importância sobretudo em nossos dias. A formação de pessoas preparadas se mostra fundamental para que a liderança seja plenamente e positivamente exercida.
Tenho somente um comentário, quando o senhor diz liderança "couch", não seria liderança "coach"?

Artigo muito bom general. Parabéns! A liderança sempre foi um elemento necessário em todos os ambientes em nossa sociedade mas aumenta seu grau de importância sobretudo em nossos dias. A formação de pessoas preparadas se mostra fundamental para que a liderança seja plenamente e positivamente exercida. Tenho somente um comentário, quando o senhor diz liderança "couch", não seria liderança "coach"?
Visitantes - Joarez Pereira Jr em Segunda, 16 Novembro 2020 10:33

Verdade, erro de grafia. É coach. Obrigado.

Verdade, erro de grafia. É coach. Obrigado.
Visitantes - Jordan Freitas de Moura em Sábado, 14 Novembro 2020 22:22

Tendo em vista a necessidade implementação Plano Nacional Segurança Pública Brasil outorgado Presidente República Brasil junto as Polícias com apoio da Pmerj e das Forças Armadas desenvolve se positivamente toda nação brasileira nos 4 anos de governo com prosperidade e pleno desenvolvimento inicia se uma liderança desenvolvida por toda população brasileira

05145205740

Registrada na União

Tendo em vista a necessidade implementação Plano Nacional Segurança Pública Brasil outorgado Presidente República Brasil junto as Polícias com apoio da Pmerj e das Forças Armadas desenvolve se positivamente toda nação brasileira nos 4 anos de governo com prosperidade e pleno desenvolvimento inicia se uma liderança desenvolvida por toda população brasileira 05145205740 Registrada na União
Visitantes - Márcio Martins Pereira em Sábado, 14 Novembro 2020 02:06

Prezado general Alves Pereira, o mesmo sobrenome de meu falecido pai.

A mídia do momento trata-se com destaque da fala do comandante Pujol. Decerto que a política nos envolve a todos. Porém dentro de um regime onde a disciplina é soberana, foi assertiva o pronunciamento do senhor comandante Pujol. Acrescento ainda que nenhuma ideologia dessas que estamos cansados de saber, também invada a qualquer pretexto, as portas da caserna. "Bolivismo" de forças armadas politizadas, aqui não!! "Brasilismo" é o precisamos. Lógico que estas palavras foram adaptadas, mas o sentimento não. As três armas brasileiras sempre andarão juntas em prol da grandeza que o nosso sofrido povo brasileiro merece. Certamente que o grande líder e senhor de todos os exércitos, sempre estará ao lado dos verdadeiros líderes de carne e osso, pois a dor e o amor só é conhecida por estes. Minha frase reformulada é: Brasil acima de TODOS, Deus acima de TUDO!

Prezado general Alves Pereira, o mesmo sobrenome de meu falecido pai. A mídia do momento trata-se com destaque da fala do comandante Pujol. Decerto que a política nos envolve a todos. Porém dentro de um regime onde a disciplina é soberana, foi assertiva o pronunciamento do senhor comandante Pujol. Acrescento ainda que nenhuma ideologia dessas que estamos cansados de saber, também invada a qualquer pretexto, as portas da caserna. "Bolivismo" de forças armadas politizadas, aqui não!! "Brasilismo" é o precisamos. Lógico que estas palavras foram adaptadas, mas o sentimento não. As três armas brasileiras sempre andarão juntas em prol da grandeza que o nosso sofrido povo brasileiro merece. Certamente que o grande líder e senhor de todos os exércitos, sempre estará ao lado dos verdadeiros líderes de carne e osso, pois a dor e o amor só é conhecida por estes. Minha frase reformulada é: Brasil acima de TODOS, Deus acima de TUDO!
Visitantes - Anderson Fetzer Rodrigues em Sexta, 13 Novembro 2020 15:16

Excelente artigo General.
O Exército Brasileiro sempre se despontou perante a Sociedade Brasileira em relação ao desenvolvimento de líderes, atividade esta, voltada não só para a Instituição, mas para a própria Sociedade, na formação dos seus cidadãos. O investimento que o EB tem feito e o reconhecimento da importância de preparar e abrir espaços para o exercício da liderança tem aumentado de tempos para cá. Uma dessas ações foi a implantação do cargo de Adj Cmdo, que teve seu início nas OM da 4ª Bda C Mec no ano de 2015. De lá para cá, o cargo aumentou sua área de atuação e a cada dia que passa se torna mais útil para a Instituição, influenciando positivamente o quadro dos graduados. O exemplo e o comprometimento que os militares que ocuparam e ocupam este cargo tem demonstrado, vem contribuindo para a motivação dos militares mais jovens, com o desenvolvimento de sua liderança e com o alcance dos objetivos estratégicos definidos pela Instituição. Como o Sr bem realçou, “liderança é uma construção pessoal”, entretanto, quando a Instituição proporciona as oportunidades para a esta construção, os resultados aparecem muito mais rápido.

Excelente artigo General. O Exército Brasileiro sempre se despontou perante a Sociedade Brasileira em relação ao desenvolvimento de líderes, atividade esta, voltada não só para a Instituição, mas para a própria Sociedade, na formação dos seus cidadãos. O investimento que o EB tem feito e o reconhecimento da importância de preparar e abrir espaços para o exercício da liderança tem aumentado de tempos para cá. Uma dessas ações foi a implantação do cargo de Adj Cmdo, que teve seu início nas OM da 4ª Bda C Mec no ano de 2015. De lá para cá, o cargo aumentou sua área de atuação e a cada dia que passa se torna mais útil para a Instituição, influenciando positivamente o quadro dos graduados. O exemplo e o comprometimento que os militares que ocuparam e ocupam este cargo tem demonstrado, vem contribuindo para a motivação dos militares mais jovens, com o desenvolvimento de sua liderança e com o alcance dos objetivos estratégicos definidos pela Instituição. Como o Sr bem realçou, “liderança é uma construção pessoal”, entretanto, quando a Instituição proporciona as oportunidades para a esta construção, os resultados aparecem muito mais rápido.
Visitantes - Silvio roberto costa Júnior em Sexta, 13 Novembro 2020 09:17

Ótimo General,essa visão do senhor sobre liderança,por isso precisamos é muito das forças armadas para conduzir nosso caminho ao futuro melhor.

Ótimo General,essa visão do senhor sobre liderança,por isso precisamos é muito das forças armadas para conduzir nosso caminho ao futuro melhor.

Liderar significa não apenas apontar a Direção, mais transformar a adversidade num conjunto de boas práticas, desenvolver o potencial de cada um, de forma Firme, mas principalmente tendo na sua formação de liderança: Honra, Dignidade, Honestidade, Coragem e quando tudo isso se fundir num amálgama "Espírito de Corpo" será evidente no caminho do aprendizado.

Liderar significa não apenas apontar a Direção, mais transformar a adversidade num conjunto de boas práticas, desenvolver o potencial de cada um, de forma Firme, mas principalmente tendo na sua formação de liderança: Honra, Dignidade, Honestidade, Coragem e quando tudo isso se fundir num amálgama "Espírito de Corpo" será evidente no caminho do aprendizado.
Visitantes - Paulo Roberto Scaranello em Quarta, 11 Novembro 2020 23:20

Ótimo artigo, General Joarez Alves Pereira Junior.
O desenvolvimento de líderes não é uma ciência exata ou possui uma fórmula padrão, é necessário desenvolver o conhecimento teórico e prático, as habilidades “soft skills” e ter atitude para utilizá-las.

Ótimo artigo, General Joarez Alves Pereira Junior. O desenvolvimento de líderes não é uma ciência exata ou possui uma fórmula padrão, é necessário desenvolver o conhecimento teórico e prático, as habilidades “soft skills” e ter atitude para utilizá-las.
Visitantes - Anardino Silvério Pereira em Quarta, 11 Novembro 2020 21:23

Liderar não é impor, e sim despertar nos outros à vontade de fazer.um bom líder aponta o caminho. A vida é Divina mas a qualidade depende de cada um.

Liderar não é impor, e sim despertar nos outros à vontade de fazer.um bom líder aponta o caminho. A vida é Divina mas a qualidade depende de cada um.
Visitantes - Paulo Vargas em Quarta, 11 Novembro 2020 18:19
https://arvoredavida.org.br/image/catalog/capasLIVROS/Fundamentos-da-Lideran%C3%A7a-Crist%C3%A3-volume1.jpg
Visitantes
Terça, 24 Novembro 2020

By accepting you will be accessing a service provided by a third-party external to http://eblog.eb.mil.br/