Implementação e ineditismo das mídias sociais como ferramenta na gestão profissional da comunicação social do Comando Militar do Leste

O avanço e a crescente popularização das tecnologias digitais, sobretudo a partir da década de 1990, com o progressivo acesso ao computador pessoal e funcional conectado à internet, marcaram, significativamente, as relações comunicacionais na contemporaneidade, apresentando formas de interação antes inimagináveis. A tecnologia permitiu que novos dispositivos, como smartphones, tablets e notebooks fossem implantados definitivamente ao nosso cotidiano, passando a fazer parte de um complexo contexto social.

Com o surgimento da internet, a informação e a comunicação, alavancadas pela evolução tecnológica, ganharam novas possibilidades, proporcionando a criação de verdadeiros espaços virtuais de relações interpessoais conhecidos como ciberespaço.

A presença e usabilidade das instituições através dos recursos oferecidos por este novo ambiente comunicacional tornaram-se imprescindíveis e, por via de regra, as mídias sociais, surgiram como uma das principais ferramentas de viés midiático.

Acompanhando a mudança na forma de se comunicar, entendendo sua importância e compreendendo o expressivo crescimento dos canais de informação e comunicação em um mundo cada vez mais interdependente e interconectado, há mais de 10 anos, o Exército Brasileiro (EB) estruturou seu sistema de comunicação social buscando a inserção em todos os canais virtuais de maior relevância estratégica, passando a utilizar redes sociais com ações, pontuais, que representaram importantes aspectos de modernização da política de sua comunicação.

Em face dos principais desafios da comunicação social na atualidade, sobretudo com a popularização da internet, o Comando Militar do Leste, alinhado com as diretrizes do Centro de Comunicação Social do Exército (CCOMSEx), e estando ainda de acordo com a Portaria nº 190, do Estado-Maior do Exército, vem consolidando sua presença digital desde março de 2018, ocasião em que foi implementada a primeira mídia social do CML.

No dia 15 de março de 2018, cerca de quase um mês após o decreto da Intervenção Federal na Segurança do estado do Rio de Janeiro, este Grande Comando Militar de Área criava, no Twitter, seu primeiro perfil virtual. Naquela ocasião, o “sinal verde” dos espaços virtuais deste Comando Militar de Área seria concedido pelo Comandante Militar do Leste (General de Exército Walter Souza Braga Netto), que acabava de ser também nomeado Interventor Federal. A decisão foi consolidada após o assessoramento do Chefe da Seção de Comunicação Social (Coronel Carlos Frederico Gomes Cinelli), que seria, na sequência das ações, designado para a função de Porta-Voz do Comando Militar do Leste e do Gabinete de Intervenção Federal.

Para a sua criação, foram realizadas ações de benchmarking com as Assessorias de Comunicação (ASCOM) da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ), da Guarda Municipal do Rio de Janeiro (GMRJ) e do próprio Gabinete de Intervenção Federal (GIF), bem como realizados estudos das mídias sociais do Exército Brasileiro, do perfil do Ministério da Defesa (DF), do Exército Brasileiro, entre outros atuantes Comandos Militares de Área, como o Comando Militar do Sudeste (CMSE), o Comando Militar do Sul (CMS) e o Comando Militar da Amazônia (CMA).

Atualmente, com quase 60.000 seguidores, o Twitter do CML é atualizado, diariamente, com diversas postagens e recortes para matérias institucionais e jornalísticas, pautadas sempre nas missões mais importantes no âmbito do Comando Militar do Leste e de suas organizações militares subordinadas (OMS), como Operações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), Ações Cívico-Sociais, Simpósios, Capacitações e Estágios, Ciclo de Estudos Sobre Direito Penal Militar do CML, Operações Membeca, Dilúvio, Saci e Operação Acolhida.

Após o êxito obtido por meio da conta do CML no Twitter, foi criado, em 3 de abril de 2018, o perfil do Instagram. No perfil, são divulgadas matérias sobre as mais diversas missões, tendo como principal característica a postagem de fotografias e vídeos, com um olhar diferenciado e com textos curtos. Além disso, para gerar grande engajamento com os usuários, são utilizados os recursos Stories e a ferramenta IGTV, plataforma do Instagram que suporta vídeos com mais de 1 minuto de duração. Atualmente, o CML conta com 13.000 seguidores.

O CML já tinha presença nas mídias, em especial no Youtube, desde o ano de 2010. Com mais de 400 vídeos e com um número expressivo, com quase 12 mil inscritos, a célula de mídias sociais mantém também a TV CML, o canal do Comando Militar do Leste na plataforma de compartilhamento de vídeos, que conta com matérias jornalísticas voltadas para as principais atividades realizadas pelo Comando e suas organizações militares (OM).

Em julho de 2018, foi criado o perfil do Facebook. Com mais de 10.000 seguidores, atualmente, e com alcance de mais de 250.000 pessoas, o perfil do CML na rede social oferece aos usuários, diariamente, conteúdo relevante como postagens de matérias, eventos, vídeos e compartilhamento de links com assuntos militares, além de datas comemorativas e eventos institucionais.

O início desta presença virtual do CML tem como recorte a sua página eletrônica, criada em 8 de dezembro de 2004. Assim como as matérias de relevância postadas nas mídias sociais, o site também divulga eventos institucionais, hotéis de trânsito, formaturas, diversas atividades, sala de imprensa, uniformes previstos, além dos endereços de fortes e fortalezas.

Muitos desafios ainda estão por vir tais como: a redefinição e melhoria das estratégias nas redes sociais baseadas em dados, o que permitirá o mapeamento ainda mais preciso dos seguidores, bem como uma apuração ainda mais detalhada das métricas das postagens de acordo com o que os mais diversos públicos gostam de ler e acessar; a busca pelo engajamento orgânico e a produção de conteúdos ainda mais colaborativos, além do aprimoramento das próprias ferramentas tecnológicas.

Desde março de 2020, no período em que começamos a conviver com a pandemia do novo coronavírus, as mídias sociais do CML têm representado ainda maior importância para a disseminação das ações do Comando Conjunto Leste no combate à pandemia da Covid-19.

Seu valor agregado de geração de conteúdo de qualidade e de compartilhamento de informações relevantes para a sociedade permitiu que as mídias sociais do CML completassem dois anos de existência, contribuindo para a construção de um legado e pioneirismo de um dos mais atuantes Comandos Militares de Área.

 

Fim da guerra (por enquanto) em Nagorno Karabakh*
Copiar de Precisa-se de líderes

Posts Relacionados

 

Comentários 13

Visitantes - Fabio Alves da Costa em Quinta, 26 Novembro 2020 11:25

Parabéns pelo artigo Eduardo. Considero como muito relevante e muito moderno o trabalho de vocês. Faço votos que prossigam influenciando positivamente as novas e as antigas gerações de militares do nosso CML e do EB, possibilitando o aumento do fluxo das informações de importância para nós militares e para a sociedade em geral. Não esqueçam de fazer produtos para os jovens: filhos(as) de militares, alunos dos Colégios Militares, etc. Eles são usuários importantes das mídias sociais! Sucesso continuado na missão! Abraços!
Cel Alves da Costa - CCOMSEx

Parabéns pelo artigo Eduardo. Considero como muito relevante e muito moderno o trabalho de vocês. Faço votos que prossigam influenciando positivamente as novas e as antigas gerações de militares do nosso CML e do EB, possibilitando o aumento do fluxo das informações de importância para nós militares e para a sociedade em geral. Não esqueçam de fazer produtos para os jovens: filhos(as) de militares, alunos dos Colégios Militares, etc. Eles são usuários importantes das mídias sociais! Sucesso continuado na missão! Abraços! Cel Alves da Costa - CCOMSEx
Eduardo Martins em Quarta, 09 Dezembro 2020 09:55

Cel Alves da Costa, agradeço o apoio. Fico satisfeito de receber com entusiasmo, a percepção do senhor sobre o trabalho que vem sendo realizado pela Seção de Comunicação Social e, em especial, pela Célula de Mídias Sociais do Comando Militar do Leste (CML). Como o senhor muito bem ressaltou, desde a implantação das plataformas digitais do CML, um dos principais objetivos, em consonância com o Centro de Comunicação Social do Exército (CCOMSEx), é a fluidez informacional com matérias e assuntos de relevância e de qualidade voltados para os diversos públicos que acompanham a Força. Aproveito ainda para agradecer a sugestão de pensarmos sempre em produtos voltados para os jovens, nativos digitais e heavy users, público em potencial que merece toda a nossa atenção. Forte abraço!

Cel Alves da Costa, agradeço o apoio. Fico satisfeito de receber com entusiasmo, a percepção do senhor sobre o trabalho que vem sendo realizado pela Seção de Comunicação Social e, em especial, pela Célula de Mídias Sociais do Comando Militar do Leste (CML). Como o senhor muito bem ressaltou, desde a implantação das plataformas digitais do CML, um dos principais objetivos, em consonância com o Centro de Comunicação Social do Exército (CCOMSEx), é a fluidez informacional com matérias e assuntos de relevância e de qualidade voltados para os diversos públicos que acompanham a Força. Aproveito ainda para agradecer a sugestão de pensarmos sempre em produtos voltados para os jovens, nativos digitais e heavy users, público em potencial que merece toda a nossa atenção. Forte abraço!
Visitantes - Marco Balbi em Quinta, 19 Novembro 2020 22:09

Parabéns pelas iniciativas. Fica apenas uma sugestão: aproximar-se dos militares veteranos residentes nas guarnições existentes na área do Comando Militar do Leste, especialmente na guarnição do Rio de Janeiro. Via de regra, falando por mim, coronel veterano da turma da AMAN de 1969, tomo conhecimento das atividades, para as quais invariavelmente não sou convidado, após a realização das mesmas. Vocês sabem quantos somos e quem nós somos? Possuem um banco de dados atualizado? Buscaram-nos para se integrar as redes? Aguardo uma notícia sua!

Parabéns pelas iniciativas. Fica apenas uma sugestão: aproximar-se dos militares veteranos residentes nas guarnições existentes na área do Comando Militar do Leste, especialmente na guarnição do Rio de Janeiro. Via de regra, falando por mim, coronel veterano da turma da AMAN de 1969, tomo conhecimento das atividades, para as quais invariavelmente não sou convidado, após a realização das mesmas. Vocês sabem quantos somos e quem nós somos? Possuem um banco de dados atualizado? Buscaram-nos para se integrar as redes? Aguardo uma notícia sua!
Eduardo Martins em Segunda, 23 Novembro 2020 23:44

Prezado Coronel Marco Balbi, agradeço muito pelas suas palavras de apoio. Sua sugestão é de extrema valia e muito nos auxilia a dar continuidade neste trabalho conjunto, colaborativo e integrado, que vem sendo realizado entre a Célula de Mídias Sociais e a Subseção de Relações Públicas do CML, em prol de uma maior aproximação e mapeamento ainda mais estreito com os nossos mais variados públicos. Possuímos um banco de dados em constante atualização, que se baseia nas informações pontuais oriundas das Organizações Militares Subordinadas a este Grande Comando Militar de Área e do Serviço de Inativos e Pensionistas. Em paralelo, há uma equipe designada para a manutenção desta importante base de dados. De fato, o público do nosso glorioso Exército Brasileiro, e em especial, do Comando Militar do Leste, é bastante diversificado e amplo, e a cada dia, temos como uma das principais missões, tentar alcançar e falar com todas as suas ramificações. Peço a gentileza, se possível, de nos encaminhar via e-mail rp@cml.eb.eb.mil.br aos meus cuidados, os dados do senhor como: nome completo, telefones de contato, e-mail e endereço para que possamos inserí-los em nossa base de dados e, desta forma, estreitarmos ainda mais o contato, informando-o da nossa agenda de eventos e também das nossas principais ações no âmbito do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo. Peço ao senhor que continue seguindo nossas mídias sociais e contribuindo, através de suas ações e reflexões, com o fortalecimento dos nossos canais de comunicação!

Prezado Coronel Marco Balbi, agradeço muito pelas suas palavras de apoio. Sua sugestão é de extrema valia e muito nos auxilia a dar continuidade neste trabalho conjunto, colaborativo e integrado, que vem sendo realizado entre a Célula de Mídias Sociais e a Subseção de Relações Públicas do CML, em prol de uma maior aproximação e mapeamento ainda mais estreito com os nossos mais variados públicos. Possuímos um banco de dados em constante atualização, que se baseia nas informações pontuais oriundas das Organizações Militares Subordinadas a este Grande Comando Militar de Área e do Serviço de Inativos e Pensionistas. Em paralelo, há uma equipe designada para a manutenção desta importante base de dados. De fato, o público do nosso glorioso Exército Brasileiro, e em especial, do Comando Militar do Leste, é bastante diversificado e amplo, e a cada dia, temos como uma das principais missões, tentar alcançar e falar com todas as suas ramificações. Peço a gentileza, se possível, de nos encaminhar via e-mail rp@cml.eb.eb.mil.br aos meus cuidados, os dados do senhor como: nome completo, telefones de contato, e-mail e endereço para que possamos inserí-los em nossa base de dados e, desta forma, estreitarmos ainda mais o contato, informando-o da nossa agenda de eventos e também das nossas principais ações no âmbito do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo. Peço ao senhor que continue seguindo nossas mídias sociais e contribuindo, através de suas ações e reflexões, com o fortalecimento dos nossos canais de comunicação!
Visitantes - Marco Balbi em Terça, 24 Novembro 2020 21:29

Enviei email para o endereço fornecido por você e retornou.
Endereço não encontrado
A mensagem não foi entregue para rp@cml.eb.eb.mil.br porque o domínio cml.eb.eb.mil.br não foi encontrado. Verifique se há erros de digitação ou espaços desnecessários e tente novamente.

Enviei email para o endereço fornecido por você e retornou. Endereço não encontrado A mensagem não foi entregue para rp@cml.eb.eb.mil.br porque o domínio cml.eb.eb.mil.br não foi encontrado. Verifique se há erros de digitação ou espaços desnecessários e tente novamente.
Eduardo Martins em Quarta, 09 Dezembro 2020 09:33

Coronel, o endereço correto do e-mail da Subseção de Relações Públicas é rp@cml.eb.mil.br. Por um erro na digitação, repassei para o senhor com um ".eb" a mais no domínio. No intuito de otimizar o processo e a coleta de dados do senhor, fiz contato pelo seu perfil do Facebook. Estamos juntos e agradeço mais uma vez por acompanhar as nossas mídias sociais.

Coronel, o endereço correto do e-mail da Subseção de Relações Públicas é rp@cml.eb.mil.br. Por um erro na digitação, repassei para o senhor com um ".eb" a mais no domínio. No intuito de otimizar o processo e a coleta de dados do senhor, fiz contato pelo seu perfil do Facebook. Estamos juntos e agradeço mais uma vez por acompanhar as nossas mídias sociais.
Visitantes - Norberto Hennemann em Quarta, 18 Novembro 2020 22:56

Amigo Eduardo, gostaria de te parabenizar pelo artigo redigido. Nesse texto é possível ter uma visão geral da implantação, manutenção e desenvolvimento das mídias sociais do CML.

Gostaria que em outras publicações explorasse cada desafio encontrado e como foram superados. Outra sugestão é apresentar as ações que deram certo e as que não deram, além de falar das interações com o público e a dedicação necessária para fidelizar e aumentar de forma quantitativa e qualitativa o número de seguidores.

Como gestor da Divulgação Institucional do CML em 2020, quando coordenei com seu apoio e de outros brilhantes profissionais as mídias digitais do CML, tive o prazer de trabalhar contigo e graças a nossa parceria e estratégia adotada ampliamos gradualmente a presença digital do Exército no Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e no âmbito nacional e internacional . Sei que tem muito a ser feito e confio que com sua colaboração, perseverança, inteligência, criatividade e conhecimento será possível fortalecer cada vez a imagem do nosso Exército no mundo digital.

Sucesso!


Amigo Eduardo, gostaria de te parabenizar pelo artigo redigido. Nesse texto é possível ter uma visão geral da implantação, manutenção e desenvolvimento das mídias sociais do CML. Gostaria que em outras publicações explorasse cada desafio encontrado e como foram superados. Outra sugestão é apresentar as ações que deram certo e as que não deram, além de falar das interações com o público e a dedicação necessária para fidelizar e aumentar de forma quantitativa e qualitativa o número de seguidores. Como gestor da Divulgação Institucional do CML em 2020, quando coordenei com seu apoio e de outros brilhantes profissionais as mídias digitais do CML, tive o prazer de trabalhar contigo e graças a nossa parceria e estratégia adotada ampliamos gradualmente a presença digital do Exército no Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e no âmbito nacional e internacional . Sei que tem muito a ser feito e confio que com sua colaboração, perseverança, inteligência, criatividade e conhecimento será possível fortalecer cada vez a imagem do nosso Exército no mundo digital. Sucesso!
Eduardo Martins em Terça, 24 Novembro 2020 21:16

Agradeço o apoio e as palavras, Major Hennemann. Ideias já anotadas que serão colocadas em prática com a maior brevidade possível. Como o senhor muito bem pontuou, foram muitos desafios e aprendizados ao longo de mais de 2 anos desde a implantação das mídias sociais do CML. A oportunidade que tive de ombrear com o senhor a divulgação institucional do CML foi bastante agregadora, o que permitiu, juntamente com a talentosa equipe de militares e servidores civis da seção de audiovisuais, consolidar a presença digital de um dos mais atuantes Comando Militar de Área nas plataformas digitais e aumentar ainda mais o alcance com os nosso públicos. Nossa parceria continua sedimentada e crescente em prol da imagem institucional do nosso glorioso Exército Brasileiro. Aproveito para lhe desejar uma trajetória de sucesso, agora, como instrutor da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME), oportunidade que é fruto do excelente trabalho desenvolvido enquanto esteve atuante na Seção de Comunicação Social do CML. Tradição e Operacionalidade!

Agradeço o apoio e as palavras, Major Hennemann. Ideias já anotadas que serão colocadas em prática com a maior brevidade possível. Como o senhor muito bem pontuou, foram muitos desafios e aprendizados ao longo de mais de 2 anos desde a implantação das mídias sociais do CML. A oportunidade que tive de ombrear com o senhor a divulgação institucional do CML foi bastante agregadora, o que permitiu, juntamente com a talentosa equipe de militares e servidores civis da seção de audiovisuais, consolidar a presença digital de um dos mais atuantes Comando Militar de Área nas plataformas digitais e aumentar ainda mais o alcance com os nosso públicos. Nossa parceria continua sedimentada e crescente em prol da imagem institucional do nosso glorioso Exército Brasileiro. Aproveito para lhe desejar uma trajetória de sucesso, agora, como instrutor da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME), oportunidade que é fruto do excelente trabalho desenvolvido enquanto esteve atuante na Seção de Comunicação Social do CML. Tradição e Operacionalidade!
Visitantes - Tatiana Gomes em Quarta, 18 Novembro 2020 19:23

E. parabéns ao autor pelo artigo, um registro registro histórico-cultural que poderia se transformar em um livro sobre a trajetória da Seção de Comunicação Social do CML, e também de seus colaboradores, mostrando como a mudança de interação com o público, através da mídias sociais, pode ser instrumento de mudança e transformação social quando usada para divulgar, informar, agregar, acolher e esclarecer. Fica a sugestão.

E. parabéns ao autor pelo artigo, um registro registro histórico-cultural que poderia se transformar em um livro sobre a trajetória da Seção de Comunicação Social do CML, e também de seus colaboradores, mostrando como a mudança de interação com o público, através da mídias sociais, pode ser instrumento de mudança e transformação social quando usada para divulgar, informar, agregar, acolher e esclarecer. Fica a sugestão.
Eduardo Martins em Terça, 24 Novembro 2020 21:27

Agradeço, prezada Tatiana, pela ótima e enriquecedora ideia. Sem dúvida, se materializada sua sugestão, será um marco para a comunicação social do Comando Militar do Leste. De Operações da Garantia da Lei e da Ordem a grandes eventos, o CML vem solidificando sua hegemonia. Através da interação com o público pelas mídias sociais, entendemos e ratificamos exatamente o que você trouxe como recorte: instrumento de mudança e transformação social quando usada para divulgar, informar, agregar, acolher e esclarecer. Corporificar este crescimento através de um livro, sobretudo, no âmbito da Comunicação Social, será um passo muito importante para a história deste Grande Comando Militar de Área. Continue conosco!

Agradeço, prezada Tatiana, pela ótima e enriquecedora ideia. Sem dúvida, se materializada sua sugestão, será um marco para a comunicação social do Comando Militar do Leste. De Operações da Garantia da Lei e da Ordem a grandes eventos, o CML vem solidificando sua hegemonia. Através da interação com o público pelas mídias sociais, entendemos e ratificamos exatamente o que você trouxe como recorte: instrumento de mudança e transformação social quando usada para divulgar, informar, agregar, acolher e esclarecer. Corporificar este crescimento através de um livro, sobretudo, no âmbito da Comunicação Social, será um passo muito importante para a história deste Grande Comando Militar de Área. Continue conosco!
Visitantes - Tatiana Gomes. em Quarta, 18 Novembro 2020 15:50

Parabéns aos idealizadores e responsáveis pela implementação e manutenção das mídias sociais do CML, em especial o Twitter, dinâmico e pontual. É através dele que me mantenho informada sobre as ações do CML e demais Comandos Militares de forma prática e acessível. Ressalto também o viés acolhedor e empático do perfil do Instagram, aproximando cada vez mais o cidadão civil de nossos militares. Enfim, parabéns, estão no caminho certo.

Parabéns aos idealizadores e responsáveis pela implementação e manutenção das mídias sociais do CML, em especial o Twitter, dinâmico e pontual. É através dele que me mantenho informada sobre as ações do CML e demais Comandos Militares de forma prática e acessível. Ressalto também o viés acolhedor e empático do perfil do Instagram, aproximando cada vez mais o cidadão civil de nossos militares. Enfim, parabéns, estão no caminho certo.
Eduardo Martins em Quarta, 18 Novembro 2020 20:10

Prezada Tatiana, em nome da equipe responsável pelas mídias sociais do CML, agradeço o apoio e os votos de entusiasmo. Esse é o principal combustível que nos move, que nos dá ainda mais vibração em prol da continuidade do trabalho, gerando conteúdo de relevância através das nossas plataformas digitais. Muito feliz por acessar o nosso perfil no Twitter para se manter informada e identificar, como muito bem pontuou, o viés acolhedor e empático do CML no IG. Continue conosco! Tradição e Operacionalidade.

Prezada Tatiana, em nome da equipe responsável pelas mídias sociais do CML, agradeço o apoio e os votos de entusiasmo. Esse é o principal combustível que nos move, que nos dá ainda mais vibração em prol da continuidade do trabalho, gerando conteúdo de relevância através das nossas plataformas digitais. Muito feliz por acessar o nosso perfil no Twitter para se manter informada e identificar, como muito bem pontuou, o viés acolhedor e empático do CML no IG. Continue conosco! Tradição e Operacionalidade.
Visitantes - Eduardo Martins Sanchez Boix em Quarta, 18 Novembro 2020 19:58

Em nome da equipe responsável pelas mídias sociais do CML, agradeço o apoio e os votos de entusiasmo. Esse é o principal combustível que nos move, que nos dá ainda mais vibração em prol da continuidade do trabalho, gerando conteúdo de relevância através das nossas plataformas digitais, em prol da propagação das ações pontuais do CML e do fortalecimento da imagem do nosso glorioso Exército Brasileiro. ????

Em nome da equipe responsável pelas mídias sociais do CML, agradeço o apoio e os votos de entusiasmo. Esse é o principal combustível que nos move, que nos dá ainda mais vibração em prol da continuidade do trabalho, gerando conteúdo de relevância através das nossas plataformas digitais, em prol da propagação das ações pontuais do CML e do fortalecimento da imagem do nosso glorioso Exército Brasileiro. ????
Visitantes
Sábado, 17 Abril 2021

By accepting you will be accessing a service provided by a third-party external to http://eblog.eb.mil.br/