Conferência dos Exércitos Americanos: passado, presente e futuro

English

Español

A Conferência dos Exércitos Americanos (CEA) é uma organização militar de caráter internacional, integrada e dirigida por exércitos do continente americano. Foi criada com a finalidade de se tornar um fórum de debates para o intercâmbio de experiências entre os exércitos do continente. Sua finalidade é a análise e o intercâmbio de ideias e experiências relacionadas com os assuntos de interesse comum no âmbito da defesa para aumentar a colaboração e a integração entre os exércitos e contribuir com a defesa e o desenvolvimento democrático dos países-membros.

Continuar lendo
  796 Acessos
  0 comentários
796 Acessos
0 comentários

A necessidade do conhecimento linguístico para a imagem institucional

Desde os primórdios, a comunicação é ferramenta vital das interações humanas. Por meio dela, sociedades se ergueram, se desenvolveram e se fortaleceram. A História nos ensina que forças militares de diferentes países se aliaram para combater um inimigo comum nos mais diversos teatros de operação. Com o advento da tecnologia, as distâncias entre culturas foram encurtadas, mas a comunicação entre os indivíduos ainda permanece imperiosa para as relações humanas, sejam elas no âmbito pessoal ou profissional.

Continuar lendo
  1265 Acessos
  12 comentários
Comentários Recentes
Visitantes — Raniery Franco
PARABÉNS pelo texto Cap Camila Paiva! Suas palavras retratam com fidedignidade a diferença entre o "saber" e o "domínio".... Leia Mais
Segunda, 06 Junho 2022 09:38
Visitantes — Paloma Castelliano
Texto fantástico! Muito inspirador! Parabéns Cap Camila Paiva
Sábado, 04 Junho 2022 21:04
Visitantes — Leonardo Lima_SgtRR
Alegria enorme ver-te alçar voos tão panorâmicos, como sempre declamei: não mais és a pequena notável, e sim a grande", colha cada... Leia Mais
Sexta, 03 Junho 2022 13:07
1265 Acessos
12 comentários

O Exército Brasileiro e a Conferência dos Exércitos Americanos - Ciclo XXXV

English

Español

A Conferência dos Exércitos Americanos (CEA), organismo de caráter internacional, foi criada em 1960 com o objetivo de se tornar um fórum de debates para o intercâmbio de experiências entre os Exércitos do continente americano. Atualmente, é composta por 23 Exércitos Membros, 4 Exércitos Observadores e 2 Organismos Internacionais Observadores.

Continuar lendo
  1171 Acessos
  1 comentário
Comentários Recentes neste post
Visitantes — Paulo Maia
Faltaram fotos ilustrando entre os textos ia ficar top
Quarta, 20 Abril 2022 09:25
1171 Acessos
1 comentário

Exercitando-se para operações de paz do presente e do futuro: a importância de se participar do Exercício VIKING 2022

Quando, em dezembro de 2020, a Marinha do Brasil concluiu a sua participação na Força-Tarefa Marítima da UNIFIL (Força Interina das Nações Unidas no Líbano), no Líbano, era como se tivesse se encerrado um ciclo de participações brasileiras em Operações de Paz (OP) sob a égide das Nações Unidas. Este ciclo teve início em 2004, com a criação da MINUSTAH (Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti), na qual o Brasil foi, por mais de 13 anos, o país que mais contribuiu com tropas e também manteve por todo este período a liderança militar da missão. Nestes quase 20 anos desde a criação da MINUSTAH até a retirada da Fragata brasileira da UNIFIL, as Forças Armadas Brasileiras, e o Exército Brasileiro em particular, desenvolveram grande experiência em diversos aspectos de uma OP. Dois Centros de Preparação (o Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil - CCOPAB e o Centro de Operações de Paz de Caráter Naval - COpPazNav) foram criados e pode-se dizer que o Brasil se inscreveu no campo das OP como referência tática, operacional e doutrinária.

Continuar lendo
  640 Acessos
  0 comentários
640 Acessos
0 comentários

A experiência brasileira em Operações de Desminagem Humanitária e o Grupo de Monitores Interamericanos (GMI) na Colômbia

 

Em 2005, a Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu a data de 4 de abril o Dia Internacional de Sensibilização Contra as Minas Antipessoal. Segundo o organismo, todos os anos, as minas terrestres matam milhares de pessoas – a maioria crianças, mulheres e idosos – e mutilam gravemente inúmeras vítimas. Espalhados por cerca de 59 países, os campos minados são uma lembrança constante de conflitos ocorridos no passado, sem perder seus efeitos sobre a paz. A presença de minas inviabiliza o uso econômico das áreas afetadas, tornando-as inacessíveis à população e restringindo o desenvolvimento econômico e social dos países afetados.

Continuar lendo
  1217 Acessos
  2 comentários
Comentários Recentes
Visitantes — Mario Andrade
Bom dia Coronel. Excelente trabalho do Exército Brasileiro. Parabéns. ???????????????
Terça, 19 Abril 2022 09:11
Visitantes — Ronald Felipe de Paula Santana
Excelente síntese, Coronel! Esse tipo de informação contribui para a difusão da importância daquilo nossos militares da Arma Azul ... Leia Mais
Sexta, 08 Abril 2022 17:25
1217 Acessos
2 comentários