Brasil e Chile: Exércitos alinhados na comunicação

Compartilhar experiências no campo das comunicações representou uma ótima oportunidade de melhorar os processos  realizados nessa área em nossas instituições.

No primeiro semestre deste ano, o Exército do Chile recebeu a visita de dois integrantes do Exército Brasileiro do Centro de Comunicação Social do Exército (CCOMSEx). Naquela ocasião, os representantes do EB puderam conhecer a forma como o processo de comunicação é conduzido e também explorar parte do sistema comunicacional na Escola Militar e na Escola de Montanha do Exército.

Neste momento, foi a vez de dois membros do Departamento de Comunicação do Exército (DCE) do Chile visitarem o CCOMSEx, em Brasília, no período de 15 e 19 de outubro de 2018. Na oportunidade, a delegação chilena pôde conhecer in loco as capacidades desenvolvidas pelo CCOMSEx, em especial, pela recém-criada "Agência Verde-Oliva", canal que administra com eficiência as comunicações estratégicas do Exército, agregando valor ao sistema comunicacional e fazendo com que as ações sejam percebidas em toda a comunidade, tanto nacional como internacional.

De fato, esse breve artigo nasceu como resposta à inquietação provocada por esta ferramenta do CCOMSEx – o EBlog. Essa plataforma permite que haja interação com todos os tipos de público, inclusive com aqueles que não pertencem às fileiras do Exército mas que desejam compartilhar  ideias e opiniões sobre temas como história militar,  apoio do Exército na Amazônia,  apoio em situações de catástrofe e algum novo sistema de treinamento.

Dessa forma, por intermédio do CCOMSEx e de seu sistema comunicacional,  pode-se conectar ao Exército em toda sua extensão e verificar como um comandante de pelotão, na fronteira norte do Brasil e desdobrado a centenas de quilômetros dos centros urbanos, pode interagir digitalmente com outro que serve no Rio de Janeiro e atua em outras áreas da Instituição.

O EBlog também permite preencher uma lacuna que é uma preocupação constante na Divisão de Relações Públicas, já que possibilita haver um espaço de livre expressão para a reserva ativa do Exército, permitindo uma interação com um público interessado em contribuir com opiniões e conhecimento sobre o que está acontecendo na Força.

Nesse contexto, é interessante destacar o trabalho desenvolvido pela rádio FM Verde-Oliva, que constitui uma instância de comunicação para toda a população de Brasília. O desafio é atrair, a cada dia, novos ouvintes para esse meio de comunicação e, dessa forma, sensibilizar a população sobre as tarefas fundamentais que cabem ao Exército. É por isso que entre os projetos futuros a serem desenvolvidos, destaca-se o de extender a área de influência da rádio a outras cidades do Brasil.

Para a delegação do Chile, foi um verdadeiro privilégio compartilhar experiências profissionais na área de comunicação, pois ficou evidenciado não haver fronteiras linguísticas nem culturais, uma vez que os processos desenvolvidos por ambas as organizações são semelhantes. Contudo, sempre há particularidades com as quais cada um pode contribuir e é aí que podemos visualizar o valor que um intercâmbio profissional com essas características tem, já que diferenças sutis podem ser adotadas por cada Exército para melhorar os processos relacionados à comunicação social institucional.

 

ARTÍCULO EN ESPAÑOL

 

  Brasil y Chile:  Ejércitos alineados en la comunicación

Ten Cel Ricardo KAISER Onetto

Compartir experiencias en el ámbito de las comunicaciones, ha representado una tremenda oportunidad para mejorar los procesos que se realizan en este ámbito, al interior de nuestras instituciones.

Fue en el primer semestre del presente año que el Ejército de Chile recibió la visita de 2 integrantes del Ejército de Brasil, pertenecientes al Centro de Comunicación Social del Ejército (CCOMSEx), en la oportunidad pudieron dimensionar la forma de conducir las comunicaciones y a su vez, explorar parte del sistema comunicacional en la Escuela Militar y Escuela de Montaña del Ejército.

En esta oportunidad, fue el turno de 2 integrantes del Departamento Comunicacional del Ejército (DCE) quienes visitaron el CCOMSEx en Brasilia entre el 15 y 19 de octubre.  En la ocasión, la delegación pudo visualizar en terreno las capacidades que desarrolla el CCOMSEx, en especial, la reciente creada “Agencia Verde Oliva”, organismo que con eficiencia, se encarga de asegurar la comunicaciones estratégicas del Ejército, dándole valor de uso  al sistema comunicacional y haciendo sentir su accionar en toda la comunidad, tanto nacional como internacional.

En efecto, esta breve columna nace como inquietud a una de las herramientas que tiene el CCOMSEx denominada “EBlog”, instancia que permiten interactuar mediante la plataforma con todo tipo de público, incluso aquellos que no pertenecen a las filas del Ejército pero que quieren compartir sus ideas y opiniones respecto a temas como la historia militar, el apoyo del Ejército en la Amazonía, el apoyo ante situaciones de catástrofe o incluso, algún novedoso sistema de entrenamiento.

De esta forma, a través del CCOMSEx y su sistema comunicacional, se puede conectar al Ejército en toda su extensión y vemos como un comandante de pelotón en la frontera norte de Brasil, desplegado a cientos de kilómetros de los centros urbanos, puede interactuar digitalmente con otro que sirve en Río de Janeiro en otras áreas del quehacer institucional.

El EBlog también permite cerrar una brecha que es preocupación constante en la División de Relaciones Públicas, ya que otorga un espacio de expresión libre para la reserva activa del Ejército, permitiendo una interacción con un público al cual le interesa estar presente en las opiniones y el conocimiento de lo que está pasando en la Institución.

También es interesante destacar, el trabajo que están realizando con la radio FM Verde Oliva, instancia de comunicación hacia toda la población de Brasilia.  El desafío es captar cada día nuevos adeptos a la radio y con ello, sensibilizar a la población de las tareas fundamentales que cumple el Ejército, es por ello que dentro de los proyectos futuros a desarrollar, se encuentra extender el área de influencia de la radio a otras ciudades de Brasil.

Para la delegación de Chile ha sido un verdadero privilegio haber compartido experiencias profesionales en torno al área de las comunicaciones, donde una vez más ha quedado demostrado que no existen fronteras idiomáticas ni culturales, ya que los procesos que desarrollan ambas organizaciones son similares, no obstante ello, siempre hay diferencias que cada una aporta y es ahí donde podemos visualizar el valor que tiene un intercambio profesional de estas características, ya que estas sutiles diferencias pueden ser adoptadas por cada Ejército para mejorar los procesos relacionados con la comunicación social institucional.



 

 

 

 

 

 

 

Redução dos índices de criminalidade no Rio de Jan...
De Clausewitz aos líderes atuais: o Brasil agradec...

Posts Relacionados

 

Comentários 4

Visitantes - Enio Barbosa Fett de Magalhaes em Terça, 23 Outubro 2018 10:22

Parabéns meu amigo pelo excelente texto!

Parabéns meu amigo pelo excelente texto!
Visitantes - Cel Fontes em Terça, 23 Outubro 2018 09:03

Parabéns pelo texto. Excelente.

Parabéns pelo texto. Excelente.
Visitantes - Swami Fontes em Terça, 23 Outubro 2018 06:38

Parabéns pelo texto. Excelente.

Parabéns pelo texto. Excelente.
Visitantes - Gen Div Rêgo Barros em Segunda, 22 Outubro 2018 16:29

Prezado TC Kaiser, como Chefe do Centro de Comunicação Social do Exército Brasileiro quero expressar a minha satisfação em receber a distinta comitiva do Exército Chileno, organização que vemos como parceira na missão de comunicar e fortalecer a imagem de nossas Forças Armadas. Seguimos juntos. #ObrigadoSoldado.

Prezado TC Kaiser, como Chefe do Centro de Comunicação Social do Exército Brasileiro quero expressar a minha satisfação em receber a distinta comitiva do Exército Chileno, organização que vemos como parceira na missão de comunicar e fortalecer a imagem de nossas Forças Armadas. Seguimos juntos. #ObrigadoSoldado.
Visitantes
Domingo, 18 Novembro 2018