O ST FÉLIX ANDRÉ MENDES é da arma de Infantaria da turma de 1997. Possui os Cursos de Formação de Sargentos de Infantaria, Aperfeiçoamento de Sargentos, Básico de Montanhismo, Sargento-Mayor de Comando do Exército Colombiano e atualmente está realizando o Curso de Habilitação ao Quadro Auxiliar de Oficiais (CHQAO). Estágios de Operações no Pantanal, Operações no Cerrado e Segurança e Proteção de Autoridades. Participou da Força de Pacificação nos Complexos da Penha e Alemão no Rio de Janeiro, Operações de Segurança dos Jogos Mundiais Militares, Rio + 20 e da Jornada Mundial da Juventude, Força de Paz em Angola (UNAVEM III) e Haiti (MINUSTAH), intercâmbios na Argentina, Chile e Estados Unidos da América e foi instrutor da Escola de Suboficiais do Exército Uruguaio. Foi Monitor do Curso de Infantaria da ESA 2015 - 2017 e atualmente pertence ao Corpo de Alunos da ESA.

A Tomada de Montese – 75 anos

O dia era 22 de setembro de 1944; a bordo do navio “General Meigs, 5.239 homens, a maioria integrantes do 11º Regimento de Infantaria (11º RI), se espremem na viagem de 14 dias para a travessia do Atlântico, infestado de submarinos alemães. Assim inicia a epopeia do 11º RI na 2ª Guerra Mundial, tendo seu ápice em 14 de abril de 1945, com o ataque à cidade de Montese, o combate em que a FEB mais perdeu homens em um único dia.

Continuar lendo
  4508 Acessos
  4 comentários
Comentários Recentes
Visitantes — Everson
Excelente S Ten Felix! Parabéns pelo artigo.
Sexta, 24 Setembro 2021 07:14
Visitantes — lucas
belo artigo, ST Félix , a história dos pracinhas é lendária e de extrema importância para a nossa força.
Segunda, 04 Mai 2020 17:46
Visitantes — Raniery Franco
Excelente artigo ST Félix! Certamente a memória dos ex-pracinhas sempre estará viva em nossos corações!
Quarta, 22 Abril 2020 11:32
4508 Acessos
4 comentários

Sabre “Sargento Max Wolf Filho” – Símbolo da Honra Militar do Sargento

Na manhã de 29 de novembro de 2019, encerrou-se um ciclo por meio da cerimônia de restituição do sabre “Sargento Max Wolf Filho” pelos alunos do 2º ano dos Cursos de Formação e Graduação de Sargentos do Exército. O ciclo teve início, oficialmente, com a inclusão do 1º Uniforme Escolar dos Cursos de Formação de Sargentos de Carreira (1º A) no Regulamento de Uniformes do Exército (RUE), por meio da portaria Nº 1.660 de 28 de novembro de 2017, e com a adoção do sabre-baioneta do Fuzil Mauser modelo 1894, denominado sabre “Sargento Max Wolf Filho”, que foram utilizados pelos pioneiros da Fortaleza de São João e que remontam à época de criação da Escola de Sargentos em 1894.

Continuar lendo
  7855 Acessos
  3 comentários
Comentários Recentes
Visitantes — Gilberto Marecos
Realmente já era-se em tempo essa valorização da carreira dos nossos sargentos. A carreira, que já era brilhante, agora torna-se... Leia Mais
Sábado, 13 Março 2021 10:01
Visitantes — Ten George Mota da SIlva
Realmente um marco na vida dos alunos da ESA, de hoje, ontem e os futuros. Tive a oportunidade de retornar à Escola e de ser Instr... Leia Mais
Domingo, 17 Mai 2020 22:30
Visitantes — Raniery Franco
Excelente artigo! Certamente o sabre “Sargento Max Wolf Filho” e o 1º Uniforme Escolar (1º A) marcam o início de uma nova fase na ... Leia Mais
Quinta, 09 Janeiro 2020 21:31
7855 Acessos
3 comentários