O Major de Infantaria Vanderson Mota de Almeida é bacharel em Ciências Militares, pela Academia Militar das Agulhas Negras (2001), pós-graduado em Ciências Militares, pela Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais (2010) e especializado em Bases geo-históricas para o Planejamento Estratégico, pela Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (2014). Foi instrutor do Curso de Infantaria, da Academia Militar das Agulhas Negras, no triênio 2014-2015-2016. Em 2004 e 2006, foi integrante do 1º e 5º Contingentes da Missão das Nações Unidas para Estabilização no Haiti (MINUSTAH). Possui os Cursos Básico Paraquedista e Mestre de Salto. A última função exercida foi a de Comandante dos Elementos Destacados, do 2º Batalhão de Fronteira, sediado em Cáceres/MT. Atualmente, é aluno da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército, e mestrando do Instituto Meira Mattos/ECEME.

Operação Acolhida: prevalência dos Direitos Humanos

Há 71 anos, em 10 de dezembro de 1948, a Organização das Nações Unidas (ONU) celebrou a Declaração Universal dos Direitos Humanos em resposta às barbáries cometidas por Adolf Hitler nos campos de concentração nazista, durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945). Desde então, o tema ganhou relevância no cenário internacional em apoio aos inúmeros grupos minoritários, principalmente quanto aos refugiados.

Continuar lendo
  2446 Acessos
  27 comentários
Comentários Recentes
Visitantes — Arthur Nunes e Silva
Excelente leitura, Almeida!
Quinta, 02 Abril 2020 15:29
Visitantes — Marcelo Anastácio
Excelente abordagem do ocorrido e de todas as atividades ligadas à preservação dos Direitos Humanos, principalmente os relacionado... Leia Mais
Segunda, 24 Fevereiro 2020 22:38
Visitantes — Felipe Freitas
Artigo excepcional! Reforça o trabalho do nosso Exército Brasileiro em prol dos direitos humanos, no cenário nacional e internacio... Leia Mais
Segunda, 24 Fevereiro 2020 17:01
2446 Acessos
27 comentários