Ingressou nas fileiras do Exército em 4 de fevereiro de 1991, como Soldado, no 23º Batalhão de Infantaria. Naquela Organização Militar foi promovido a Cabo e Sargento Temporário. Em 1994, na Escola de Sargentos das Armas (ESA), formou-se Sargento de Infantaria. Cursou a Escola de Aperfeiçoamento de Sargentos das Armas (EASA) em 2004 e o Curso de Habilitação ao Quadro Auxiliar de Oficiais (CHQAO) nos anos de 2017/18. Atualmente é Adjunto de Comando do Exército.

Sargento do Exército Brasileiro: responsabilidades e desafios

Parte integrante e fundamental da estrutura organizacional da Força Terrestre, sobre o sargento recai grande responsabilidade pela manutenção da solidez do Exército Brasileiro. A ele cabe a missão de servir como “referência imediata” para cabos e soldados e para Sargentos mais jovens e recém-egressos das Escolas. Esta referência se concretiza pelos exemplos de profissionalismo e correção de atitudes demonstrados no dia a dia dos quartéis, desde o cumprimento das ordens dos superiores até a atuação pautada na disciplina consciente.

Continuar lendo
  7646 Acessos
  20 comentários
Comentários Recentes
Visitantes — Raniery Franco
O aprendizado contínuo (constante capacitação técnica) aliado a empatia (relacionamento interpessoal) e credibilidade são fundamen... Leia Mais
Sexta, 23 Outubro 2020 14:45
Visitantes — rodrigo silveira da cruz
Parabéns pelo excelente texto, Ten Edi Carlos. conforme o Sr já disse em algumas palestras, " Qual a missão do Sgt? É ser Sgt!".... Leia Mais
Sexta, 23 Outubro 2020 10:44
Visitantes — Marco Antonio
Parabéns pelo texto Edi Carlos! Posiciona de forma clara a importância e os aspectos mais relevantes do papel do Sargento para nos... Leia Mais
Sexta, 23 Outubro 2020 08:14
7646 Acessos
20 comentários