A Evolução da Estratégia de Comunicação Social do Exército Brasileiro: criação da AGÊNCIA VERDE OLIVA

 A comunicação social, fruto da evolução social e tecnológica, possui lugar de destaque em todas as organizações e instituições, tanto públicas, quanto privadas. A sua atuação prioritária é visível na atual conjuntura nacional e internacional. Os meios mudaram, migrando do suporte impresso para alcançar as mídias eletrônicas e digitais, porém, a informação ainda é um elemento de extrema importância.

O Centro de Comunicação Social do Exército (CCOMSEx) foi criado em 1981, embora a área de Relações Públicas já atuasse, desde 1951, no então Gabinete do Ministro da Guerra. O Centro é o órgão central do Sistema de Comunicação Social do Exército (SISCOMSEx) e tem por missões: assessorar o Comandante do Exército nessa capacidade; planejar, supervisionar, orientar, coordenar, controlar e promover as atividades de comunicação social do Exército, com o intuito de proteger e fortalecer a imagem da Instituição.

No processo evolutivo da comunicação social no Exército (EB), o período posterior aos governos chefiados por presidentes militares, coincidente com os primeiros passos do CCOMSEx, ficou caracterizado pela adoção da estratégia de comunicação de não gerar ressonância a temas polêmicos e que resgatassem, com distorções, assuntos relacionados aos governos militares. Essa postura ficou conhecida como "Estratégia do Grande Mudo".

Nessa fase, o EB, pela ação firme dos Comandantes que se sucederam e do Alto Comando, transpôs uma etapa turbulenta, com serenidade, competência, disciplina e profissionalismo, e conseguiu superar as adversidades e a oposição de ideias difundidas em vários veículos de comunicação, em especial, nas "mídias de massa" (TV, rádio e jornal).

Todavia, "O tempo é o senhor da razão", como afirma o adágio português. Com o passar dos anos, já no século XXI, o EB retomou o seu lugar de destaque devido ao chamamento da própria população, mostrando-se imprescindível para a sociedade brasileira. A Força passou a angariar elevada confiança e a ter mais visibilidade nos meios de comunicação, que passaram a projetar as atividades realizadas nas vertentes do "Braço Forte" (ações operacionais nas fronteiras; garantia da lei e da ordem (GLO) nos centros urbanos; atendimento a compromissos internacionais do Brasil, como o emprego no Haiti); e da "Mão Amiga" (atendimento em calamidades públicas, nas enchentes e na distribuição de água a 4 milhões de pessoas no semiárido nordestino, nas ações cívico-sociais, entre outras ações). Essa atuação proativa ressalta as principais peculiaridades do Exército: a prontidão e a disponibilidade permanentes.

O advento da Internet e das mídias sociais causou significativa mudança no processo comunicacional, cujo fluxo da informação, que era unidirecional, do emissor para o receptor - um consumidor passivo de mídias -, evoluiu para uma participação ativa do interlocutor no relacionamento com as organizações, ampliando o diálogo sobre fatos polêmicos em todas as esferas (elogio, sugestão, crítica e cobrança).

As transformações no mundo digital e o aumento da demanda e da exposição do Exército permitiram que a Instituição se lançasse no ineditismo das mídias sociais a partir de 2010, com o intuito de incrementar o contato direto com os públicos-alvo de interesse.

Hoje, o Exército Brasileiro é o órgão da administração pública federal com o maior número de seguidores no Facebook, tendo 3,6 milhões de pessoas. O Twitter da Força atingiu a marca de 189 mil usuários; o Instagram, 520 mil; e o Youtube, 271 mil inscritos. São números relevantes para uma instituição que objetiva ser mais transparente e alinhada aos anseios da população a que serve e à qual deve consideração e resultados.

Nos últimos anos, o Brasil tem vivido momentos de instabilidade política, econômica, social e, principalmente, ética e moral. Paralelamente, o Comandante do Exército, com visão de futuro e liderança inspiradora, requereu a evolução da comunicação social da Força, a fim de vocalizar para a sociedade que o EB iria pautar as suas condutas em três pilares: a legalidade, a estabilidade e a legitimidade. Essa atitude precursora na comunicação social conduziu o Exército ao papel de "protagonista silencioso" nesse momento da vida nacional.

Aliado com a intenção do Comandante da Força, o CCOMSEx tem buscado a atuação multidisciplinar, usando várias plataformas, com linguagem adequada e em diferentes vertentes de relacionamento com a sociedade e com os veículos de comunicação, cuja finalidade é "vender e entregar", com oportunidade, as pautas prioritárias que o Exército possui em diversas áreas de atuação, da operacionalidade à ciência e tecnologia, perpassando pela educação e cultura. A intenção é fazer com que o EB seja uma fonte primária de informação, em virtude da grande confiabilidade junto à população.

A decisão de criar uma agência de notícias - a AGÊNCIA VERDE-OLIVA -, combinada com as constantes inovações e melhorias sinérgicas, implementadas no planejamento, no relacionamento com a mídia, na produção e na divulgação de produtos, nas relações públicas, na informação ao cidadão, na tecnologia da informação e na administração e gestão, vai ao encontro dessa nova fase de desafios para a comunicação social do Exército, na busca incessante de tornar-se mais proativa e efetiva na difusão das atividades da Instituição, a fim de permitir que a Força seja, cada vez mais, motivo de orgulho e de confiança para seus integrantes e para a Nação brasileira.

Procurando o rumo
A contribuição da linguagem e das práticas discur...

Posts Relacionados

 

Comentários 13

Visitantes - HIGINO MARTIMIANO PORTELA em Quinta, 05 Setembro 2019 12:47

Prezado General Otavio Santana do Rêgo Barros, recebe meus parabens pela brilhante carreira e desejar muito mais sucesso , talvez o senhor não se recorde ,mas fui agraciado por uma diploma de "AMIGO DO ONZE" pelo senhor, e com muito orgulho está em minha sala, Não moro mais em Ponta Porã. mas as vezes que vou lá muitos amigos lembra de sua gentileza e participação na cidade. Espero que um dia volte lá, tenho certeza que será muito bem recebido Um grande abraço
Higino Portela
Artista Plástico.

Prezado General Otavio Santana do Rêgo Barros, recebe meus parabens pela brilhante carreira e desejar muito mais sucesso , talvez o senhor não se recorde ,mas fui agraciado por uma diploma de "AMIGO DO ONZE" pelo senhor, e com muito orgulho está em minha sala, Não moro mais em Ponta Porã. mas as vezes que vou lá muitos amigos lembra de sua gentileza e participação na cidade. Espero que um dia volte lá, tenho certeza que será muito bem recebido Um grande abraço Higino Portela Artista Plástico.
Visitantes - Marcos Neris da Silva em Domingo, 24 Fevereiro 2019 00:13

Tbém não posso deixar de parabenizar pelas suas conquistas sr General e não posso perder a oportunidade de convidá-lo para se juntar à nós no grupo VIP no watssap onde ja tem alguns generais e coronéis tbém deputados federais e estaduais e policiais federais,será uma honra adicioná-lo ! Aguarda seu contato no email fica com Deus !

Tbém não posso deixar de parabenizar pelas suas conquistas sr General e não posso perder a oportunidade de convidá-lo para se juntar à nós no grupo VIP no watssap onde ja tem alguns generais e coronéis tbém deputados federais e estaduais e policiais federais,será uma honra adicioná-lo ! Aguarda seu contato no email fica com Deus !
Visitantes - Tatiana Fonseca Campolina em Segunda, 11 Fevereiro 2019 18:27

Boa tarde, Gen Otávio Barros!
Passo para parabeniza-lo pelo excelente trabalho que atuamente desempenha como porta voz geral da presidência.
Um português impecável que o destaca no atual governo..
Desejo que inspire os brasileiros a se expressarem a cada dia melhor.
Hoje, como Coach, uma das atividades que tenho transmitido aos meus Coachees é de observa-lo para que possam destacar em suas profissões.

Parabéns! Tatiana Campolina

Boa tarde, Gen Otávio Barros! Passo para parabeniza-lo pelo excelente trabalho que atuamente desempenha como porta voz geral da presidência. Um português impecável que o destaca no atual governo.. Desejo que inspire os brasileiros a se expressarem a cada dia melhor. Hoje, como Coach, uma das atividades que tenho transmitido aos meus Coachees é de observa-lo para que possam destacar em suas profissões. Parabéns! Tatiana Campolina
Visitantes - Darci Alberto Gatto em Segunda, 04 Fevereiro 2019 13:38

Caro Gen Barros

Agradeço os ensinamentos e a oportunidade de ter convivido ao seu comando, parabenizo pelas sua conquistas.

Caro Gen Barros Agradeço os ensinamentos e a oportunidade de ter convivido ao seu comando, parabenizo pelas sua conquistas.
Visitantes - ODEMAR RODRIGUES CASTANHO em Domingo, 25 Novembro 2018 22:19

Como militar da reserva, sinto vergonha da falta de controle que o Exército tem sobre os manuais de campanha, seja de armamento, de caráter doutrinário ou qualquer outro. Pode-se baixar pela internet qualquer manual de campanha ou qualquer outro. Como atualmente está em evidência a utilização de snipers contra a bandidagem, fui procurar o manual de campanha O CAÇADOR. Não foi surpresa nenhuma, fiz o download tranquilamente em meu computador. Se eu fosse um ex-militar que tivesse sido expulso e fosse um bandido, poderia ser utilizado pelo crime organizado e baixar inúmeros manuais. Fiz contato uma vez com o Centro de Comunicações do Exército e não deram bola, por isto estou fazendo esta comunicação. Peço que não desprezem minha informação e façam um teste e baixem um manual.

Como militar da reserva, sinto vergonha da falta de controle que o Exército tem sobre os manuais de campanha, seja de armamento, de caráter doutrinário ou qualquer outro. Pode-se baixar pela internet qualquer manual de campanha ou qualquer outro. Como atualmente está em evidência a utilização de snipers contra a bandidagem, fui procurar o manual de campanha O CAÇADOR. Não foi surpresa nenhuma, fiz o download tranquilamente em meu computador. Se eu fosse um ex-militar que tivesse sido expulso e fosse um bandido, poderia ser utilizado pelo crime organizado e baixar inúmeros manuais. Fiz contato uma vez com o Centro de Comunicações do Exército e não deram bola, por isto estou fazendo esta comunicação. Peço que não desprezem minha informação e façam um teste e baixem um manual.
Visitantes
Sábado, 19 Outubro 2019